Archive for the ‘ Futebol Internacional ’ Category

Mano caiu…Quem será o técnico da Seleção Brasileira?


Ninguém esperava que o técnico Mano Menezes acabaria deixando a Seleção, sobretudo a essa altura. Se ele havia resistido às perdas da Copa América e da medalha olímpica, aliada às derrotas em amistosos diante das seleções mais fortes, tais como França, Argentina e Alemanha, tudo indicava que ele seria mesmo o comandante para a Copa das Confederações e também na Copa do Mundo. Porém, na tarde da última sexta-feira, uma decisão tomada em reunião na Federação Paulista da Futebol surpreendeu a todos. Mano Menezes acabou demitido do cargo de treinador da Seleção Brasileira pelo presidente da CBF, José Maria Marin.

Sob o comando de Mano Menezes, o Brasil fez 33 jogos, vencendo 21, empatando seis e perdendo outros seis, o que corresponde a quase 70% dos pontos ganhos desde a sua estreia em agosto de 2010. Foram 102 jogadores convocados, sendo 13 goleiros, 9 laterais direitos, 8 esquerdos, 16 zagueiros, 18 volantes, 23 meias e 15 atacantes. O treinador, que estreou em agosto de 2010, na vitória por 2 a 0 sobre os EUA, deixa o comando da Seleção justamente após a conquista do bicampeonato do Superclássico das Américas, sobre a Argentina, em pleno estádio La Bombonera, nos pênaltis, após perder no tempo normal, por 2 a 1, quando já parecia que começava a dar um padrão ao time, tanto taticamente, quanto também aos nomes utilizados. O jogador mais chamado foi mesmo Neymar, que estreou junto com Mano, e atuou 27 jogos, marcando 17 gols.

Como era de se imaginar, os rumores sobre o substituto de Mano correm soltos e envolvem uma série de possíveis candidatos. O nome mais forte, preferido do presidente José Maria Marin, deve ser mesmo o de Luiz Felipe Scolari. Recém-saído do rebaixado Palmeiras, Felipão tem como trunfo a boa passagem pela Seleção, que culminou no título na Copa do Mundo de 2002. Porém, a má fase recente opde atrapalhar a sua escolha. Outro nome forte é do atual campeão da Liibertadores, Tite. Se contrapondo à fase de Scolari, o nome do treinador do Corinthians pode ganhar ainda mais força caso conquiste o título do Mundial Interclubes, agora em dezembro, no Japão.

Outros nomes cogitados são os de Muricy Ramalho, que era a primeira opção no final de 2010, optou por permanecer no Fluminense, com quem até então tinha contrato; Abel Braga, atual Campeão Brasileiro com o próprio Flu, e talvez a opção mais polêmica, provavelmente a mais desejada pelos torcedores e menos provável para ser escolhida pelos dirigentes brasileiros: Pep Guardiola. Sem trabalho desde a saída do Barcelona em abril deste ano, o espanhol chegou a ser cogitado anteriormente e até se disse interessado na possibilidade de comandar o Brasil na Copa do Mundo realizada por aqui, porém, os mandatários da CBF dificilmente colocarão um treinador estrangeiro no comando da Seleção. A decisão deverá ser tomada apenas em janeiro.

Anúncios

Classificações antecipadas e polêmicas…

Grupo A: Porto(POR), Dínamo Zagreb(CRO), Paris Saint Germain(FRA), Dínamo Kiev(UCR)


No Grupo A deu a lógica. Com uma rodada de antecedência, Porto e Paris Saint Germain se garantiram na próxima fase da Liga dos Campeões da Europa. Em Kiev, na Ucrânia, o time da casa jogava sua sobrevivência no torneio, mas não foi páreo para o bom time do PSG. Com dois gols do italiano Lavezzi, os franceses fizeram 2 a 0 no Dínamo e foi aos 12 pontos. Um ponto a frente está o clube português, que também venceu sua quinta partida e manteve o outro Dínamo com 0% de aproveitamento. 3 a 0, gols de Lucho González, João Moutinho e Varela. Na última rodada, Porto e PSG se enfrentam e definem o líder da chave.

1 Porto 13
2 PSG 12
3 Dínamo Kiev 4
4 Dínamo Zagreb 0

Grupo B: Arsenal(ING), Montpellier(FRA), Olympiakos(GRE), Schalke 04(ALE)

O Grupo B é outra chave em que os dois classificados já estão definidos. O Olimpiakos, da Grécia, que ainda poderia alcançar uma vaga, foi até a Alemanha e saiu derrotado do confronto diante do Schalke 04. Com um gol solitário de Christian Fucs, os donos da casa venceram e permaneceram na ponta. Na Inglaterra, o Arsenal somou sua vitória à derrota do Olimpiakos para também confirmar sua classificação antecipada. Wilshere e Podolski foram os autores dos gols da vitória dos Gunners por 2 a 0 para cima do Montepellier, da França. Na rodada seis, o Schalke depende das suas próprias forças para se classificar em primeiro.

1 Schalke 11
2 Arsenal 10
3 Olimpiakos 6
4 Montpellier 0

Grupo C: Milan(ITA), Málaga(ESP), Anderlecht(BEL), Zenit(RUS)

Mesmo não vivendo um bom momento no Campeonato Italiano, o Milan parece dar uma amenizada na crise e se deu bem na Liga, conseguindo também se classificar de forma antecipada. E contou com um gol de craque do zagueirão Méxes. A vitória foi de 3 a 1 para cima do Anderlecht, da Bélgica. Mas o que chamou a atenção mesmo foi o segundo gol milanista. Após levantamento na área, Méxes matou no peito e emendou uma linda bicicleta. Golaço. Com os três pontos conquistados, o Milan chegou aos oito pontos, mas ainda segue em segundo. Os espanhóis do Málaga, maior surpresa da competição até aqui, continuam em primeiro, depois do empate diante do Zenit, na Rússia, em 2 a 2.

1 Málaga 11
2 Milan 8
3 Anderlecht 4
Zenit 4

Grupo D: Real Madrid(ESP), Borussia Dortmund(ALE), Ajax(HOL), Manchester City(ING)

No grupo da morte, que morreu antes mesmo da segunda fase do torneio foi o Manchester City. Depois de não conseguir nenhuma vitória sequer nos quatro primeiros jogos da Liga (2 empates e 2 derrotas), os ingleses receberam o amedrontador Real Madrid com a missão de vencer para seguir com chances. Não conseguiu. Depois de sair perdendo, com um gol de Benzema, o City ainda alcançou o empate com Agüero, de pênalti. Mas foi só e não foi o suficiente para impedir a eliminação precoce dos ingleses. Melhor para os madrilenhos, que garantiram a classificação com uma rodada de antecipação. Mesmo assim, o Real dificilmente alcançará a primeira colocação do grupo, que é do Borussia Dortmund, que goleou o Ajax por 4 a 0, comprovou a excelente fase e tem saldo de gols superior.

1 Borussia Dortmund 11
2 Real Madrid 10
3 Ajax 4
4 Manchester City 3

Grupo E: Chelsea(ING), Juventus(ITA), Shaktar Donetsk(UCR), Nordsjaelland(DIN)

E o atual campeão da Liga está muito próximo de ser eliminado ainda na primeira fase. Jogando na Itália, Cech, Oscar, Ramires e cia. não foram páreos para o time da Juventus. Contando com o apoio de mais de 40 mil torcedores, os italianos partiram para cima e não deram chances aos visitantes. Com gols de Quagliarella, do chileno Vidal e de Giovinco, a Juve fez 3 a 0 pra cima do Chelsea e pulou para a segunda posição da chave, deixando os rivais em situação muito delicada. Há três partidas sem vencer, os Blues têm sete pontos e não dependem mais de si. Para avançarem, será necessário vencer o lanterna Nordsjaelland e torcer desesperadamente por um triunfo do Shakhtar pra cima da Juventus. Shakhtar que, por sinal e até surpreendentemente, já está classificado após os 5 a 2 em jogo marcado pelo gol polêmico do brasileiro Luiz Adriano, que desreipeitou o fair play e pode ser punido, tanto pelo clube, como também pela Uefa.

1 Shaktar 11
2 Juventus 10
3 Chelsea 7
4 Nordsjaelland 1

Grupo F: Bayern de Munique(ALE), Valencia(ESP), Lille(FRA), BATE Borisov(BIE)

GLOBOESPORTE.COM
Classificado para as oitavas de final antes mesmo de entrar em campo, o Valencia recebeu o Bayern de Munique em ritmo de festa. Sem a pressão de precisar de um resultado positivo para avançar, o time espanhol relaxou, deixou os alemães dominarem, mas no fim das contas conseguiu um empate em 1 a 1, o que foi bom para a equipe bávara, que também conseguiu garantir-se na próxima fase. Com o resultado, as duas equipes chegaram a dez pontos e não poderão mais ser alcançadas pelo BATE Borisov, que perdeu para o Lille mais cedo e parou nos seis pontos. Os franceses, responsáveis pela classificação do Valencia, chegaram a três pontos. Na última rodada, o Bayern receberá a equipe de Belarus. Já os valencianos visitarão os franceses.

1 Valencia 10
Bayern 10
3 BATE 6
4 Lille 3

Grupo G: Barcelona(ESP), Benfica(POR), Celtic(ESC), Spartak Moscou(RUS)

GLOBOESPORTE.COM
O Barcelona venceu o Spartak por 3 a 0 e garantiu classificação antecipada às Oitavas de final, mas quem continua roubando a cena é Lionel Messi. O craque argentino marcou mais duas vezes e não só ajudou diretamente o clube catalão a ampliar a liderança no Grupo G e eliminar o time russo, como também a se aproximar de recordes individuais. O brasileiro Daniel Alves, com um bonito chute, abriu o marcador. Messi igualou-se ao inglês Vivian Woordward com 25 gols em jogos internacionais num só ano e precisa apenas de mais um contra o Benfica, no próximo jogo, para estabelecer nova marca e acabar com a antiga, de 103 anos de duração. Se o Barcelona fez o que se esperava dele, a segunda vaga segue em aberto. Isso graças ao Benfica, que derrotou o Celtic, por 2 a 1, no Estádio da Luz. Agora, os lusos jogam por dois resultados iguais na última rodada para avançarem de fase. O problema em questão é que o adversário do Benfica será o Barcelona no Camp Nou, enquanto o Celtic receberá o já eliminado Spartak.

1 Barcelona 12
2 Celtic 7
Benfica 7
4 Spartak Moscou 3

Grupo H: Manchester United(ING), Braga(POR), Cluj(ROM), Galatasaray(TUR)
GLOBOESPORTE.COM
Com um time misto, cheio de jovens, o Manchester United não resistiu ao “inferno”. Jogando fora de casa, diante de uma torcida apaixonada, os Diabos Vermelhos perderam para o Galatasaray por 1 a 0. Burak Yilmaz foi o autor do gol do triunfo turco. O resultado, porém, não vai prejudicar o United, que já garantiu a classificação como primeiro lugar da chave, com 12 pontos. Para o Galatasaray, porém, a vitória foi importantíssima. O time se manteve na segunda colocação, chegou a sete pontos e depende apenas de suas forças para avançar às oitavas. O Cluj, da Romênia, venceu o Braga por 3 a 1, em casa, graças a três gols do português Rui Pedro, e é o concorrente pela vaga, já que tem a mesma pontuação que os turcos.

1 Manchester United 12
2 Galatasaray 7
Cluj 7
4 Braga 3

(Fotos: AP/ Reuters/ GettyImages/ EFE)

Surpresa? Só no G…

Grupo A: Porto(POR), Dínamo Zagreb(CRO), Paris Saint Germain(FRA), Dínamo Kiev(UCR)

Pela quarta rodada da Liga dos Campeões, o matador Ibrahimovic mudou um pouco suas características. Não marcou nenhum gol, mas em compensação optou por servir. Participou da armação da maioria da sjogadas de ataque do PSG e fez assistência para os quatro gols da equipe na goleada para cima do Dínamo Zagreb, em Paris. O brasileiro Alex abriu o placar, e Matuidi, Ménez e Hoarau completaram. PSG 4 a 0 e os franceses colam no líder do grupo que ainda é o Porto. Jogando fora de casa, os portugueses ficaram no empate sem gols diante do Dinamo Kiev, mas seguem um ponto a frente do PSG.

1 Porto 10
2 PSG 9
3 Dínamo Kiev 4
4 Dínamo Zagreb 0

Grupo B: Arsenal(ING), Montpellier(FRA), Olympiakos(GRE), Schalke 04(ALE)

No duelo que poderia definir a equipe que dispararia na liderança, empate e tudo ficou embolado. Em Gelsenkirchen, o Schalke recebeu o Arsenal e foi melhor durante a maior parte do jogo. Mesmo assim foram os ingleses que tiveram duas vezes na frente do marcador, mas os anfitriões conseguiram buscar os empates, e o placar final ficou mesmo em 2 a 2. Já na Grécia, o Olimpiakos recebeu e não teve maiores problemas para superar o Montpellier, da França. 3 a 1 e os gregos seguem vivos na briga por uma das vagas nas Oitavas.

1 Schalke 8
2 Arsenal 7
3 Olimpiakos 6
4 Montpellier 0

Grupo C
: Milan(ITA), Málaga(ESP), Anderlecht(BEL), Zenit(RUS)

E continua a fase difícil do Milan. Apenas na décima colocação no Campeonato Italiano, o milanistas também andam se complicando na Liga dos Campeões. Vindo de derrota para os próprios espanhóis, o time de Pato contou com o primeiro gol do atacante brasileiro na temporada para evitar mais uma derrota para o Málaga, dessa vez jogando em Milão. No final do primeiro tempo, Eliseu colocou os visitantes na frente. E o empate dos donos da casa saiu aos 30 da etapa final. Com a igualdade, os italianos seguem em segundo, apenas um ponto a frente do Anderlecht, da Bélgica, que, em casa, bateu o Zenit, da Rússia, por 1 a 0. Os russos, que não contaram com Hulk, contundido, estão em último, mas ainda com chances, dois pontos atrás do Milan. O Málaga lidera com folga.

1 Málaga 10
2 Milan 5
3 Anderlecht 4
4 Zenit 3

Grupo D: Real Madrid(ESP), Borussia Dortmund(ALE), Ajax(HOL), Manchester City(ING)

No chamado ‘Grupo da Morte’ desta edição da liga, nada dos atuais campeões espanhóis (Real Madrid), nem dos campeões ingleses (Manchester City). Quem dá as cartas na chave são os alemães do Borussia Dortmund. Assim como aconteceu há duas semanas atrás, Real e Borussia fizeram um confronto emocionante, decidido apenas nos momentos finais. Jogando em casa, os espanhóis foram surpreendidos pelos excelentes contra-ataques dos rivais. Em um deles, Reus abriu o placar para os visitantes. O zagueiro Pepe empatou de cabeça. Ainda na primeira etapa, Götze fez mais um e os merengues só conseguiram igualar novamente aos 44 do segundo tempo, em cobrança de falta de Ozil. 2 a 2. Na outra partida, o Manchester City se desesperou ainda mais na competição. Mesmo atuando em seus domínios, os citizens saíram perdendo por 2 a 0, conseguiram o empate também em 2 a 2, mas precisam de duas vitórias e uma combinação de resultados para se classificar.

1 Borussia Dortmund 8
2 Real Madrid 7
3 Ajax 4
4 Manchester City 2

Grupo E: Chelsea(ING), Juventus(ITA), Shaktar Donetsk(UCR), Nordsjaelland(DIN)

No Grupo E também teve emoção até o último momento na partida entre Chelsea e Shaktar Donetsk. Como aconteceu no último confronto, duas semanas atrás, em Donetsk, o time da Ucrânia foi melhor, e chegou a dominar o adversário, mesmo atuando em Stanford Bridge. Mas jogando em casa, com o apoio da sua torcida, e contando com falhas da defesa ucraniana e com a categoria do meia Oscar, os Blues conseguiram a vitória no último lance do jogo. Logo no começo, o goleiro Pyatov recebeu passe na fogueira e o bicão do arqueiro explodiu em Fernando Torres e foi parar nas redes. Pouco tempo depois, o ex-corintiano Willian empatou. Ainda na primeira etapa, em mais uma falha da defesa, Pyatov saiu da área para afastar de cabeça, Oscar ficou com a sobra e bateu quase do meio do campo. Golaço! No início do segundo tempo, Willian fez mais um. Mas aos 47, Moses usou a cabeça para dar os três pontos para o Chelsea, que se igualou ao Shaktar na ponta. A Juventus continua na briga após golear os dinamarqueses do Nordsjaelland por 4 a 0.

1 Chelsea 8
Shaktar 8
3 Juventus 7
4 Nordsjaelland 1

Grupo F: Bayern de Munique(ALE), Valencia(ESP), Lille(FRA), BATE Borisov(BIE)

No Grupo F, alemães e espanhóis não estão muito dispostos a dar chances para os rivais mais modestos. Prova disso, foi o atropelamento que aconteceu em Munique. O Lille foi até a Alemanha e não conseguiu respirar desde o primeiro minuto de jogo. Para se ter uma idéia, o que pensar de uma partida em que termina o primeiro tempo em 4 a 0. Na segunda etapa vieram mais dois e o Bayern de Munique goleou por 6 a 1. Já na Espanha, o Valencia contou com um gol do brasileiro Jonas para superar o Bate Borisov por 4 a 2 e se juntar ao Bayern na primeira posição da chave.

1 Valencia 9
Bayern 9
3 BATE 6
4 Lille 0

Grupo G: Barcelona(ESP), Benfica(POR), Celtic(ESC), Spartak Moscou(RUS)

Quer surpresa? Ela veio no Grupo G. Jogando na Escócia, o Barcelona jogou como de costume. Posse de bola extremamente maior, inúmeras chances criadas, pressão intensa. Porém, os espanhóis não contavam com a atuação inspirada de Ben Foster, goleiro do Celtic, e também da precisão das finalizações escocesas, já que, basicamente, duas foram as chances de gol criadas pelos donos da casa, e as duas foram para no fundo da rede. Com gols de Wanyama e Watt, o Celtic saiu com a vitória. Messi ainda diminiu no finalzinho, mas já era tarde. Após o apito final, festa dos anfitriões como se fosse de um título. Com os três pontos conquistados, o Celtic se enche de esperança para conseguir a classificação. O Barça continua em primeiro. No outro jogo, o Benfica contou com dois gols de Oscar Cardozo para bater o Spartak por 2 a 0, em território português e ainda seguir sonhando com uma vaga.

1 Barcelona 9
2 Celtic 7
3 Benfica 4
4 Spartak Moscou 3

Grupo H: Manchester United(ING), Braga(POR), Cluj(ROM), Galatasaray(TUR)

Se o Manchester United teve certa sorte no sorteio dos grupo dessa Liga dos Campeões, nada mais correto do que justificar essa superioridade frente aos rivais na chave. Mas os ingleses sofreram para alcançar a quarta vitória em quatro jogos e se garantir como primeira equipe já classificada para a próxima fase. Em Portugal, após sair perdendo, com um gol do brasileiro Allan, de pênalti, os ingleses só conseguiram a virada nos últimos 15 minutos de jogo. Debaixo de muita chuva, Van Persie, Rooney e Chicharito Hernandez decretaram o 3 a 1. Em segundo está Galatasaray que, mesmo fora de casa, bateu o Cluj, da Romênia, também por 3 a 1, e empatou com o rival em pontos, mas leva vantagem no saldo de gols. A segunda vaga da chave segue em aberto.

1 Manchester United 12
2 Galatasaray 4
Cluj 4
4 Braga 3

(Fotos: Reuters/ EFE/ Getty Images)

Brasil 1000!!!


Nesta terça-feira, Mano Menezes anunciou uma convocação especial. O amistoso diante da Colômbia, no próximo dia 14, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, será o jogo de número 1000 na história da Seleção Brasileira. Chamando sua força máxima, já que na semana do amistoso não terá rodada do Campeonato Brasileiro. Sem maiores surpresas, o grupo é basicamente o mesmo que convenceu nos últimos compromissos, diante dos frágeis Iraque e Japão. Pode-se dizer que as poucas novidades foram a manutenção de Leandro Castán, da Roma, que atuou contra os japoneses improvisado na lateral esquerda, agradou e volta a ser chamado. Além dele, o corintiano Fábio Santos foi o único lateral esquerdo a ser convocado e Mano dá a entender contar com ele, até pela contusão de Marcelo (do Real) e Alexsandro (do Porto).

Eis a lista completa dos convocados:
Goleiros:
Diego Alves (Valencia-ESP)
Jefferson (Botafogo)

Laterais:
Daniel Alves (Barcelona-ESP)
Adriano (Barcelona-ESP)
Fábio Santos (Corinthians)

Zagueiros
:
Thiago Silva (PSG-FRA)
David Luiz (Chelsea-ING)
Leandro Castán (Roma-ITA)
Réver (Atlético/MG)

Volantes:
Sandro (Tottenham-ING)
Paulinho (Corinthians)
Arouca (Santos)
Ramires (Chelsea-ING)

Meias:
Kaká (Real Madrid-ESP)
Oscar (Chelsea-ING)
Giuliano (Dnipro-UCR)
Lucas (São Paulo)
Thiago Neves (Fluminense)

Atacantes:
Neymar (Santos)
Leandro Damião (Internacional)
Hulk (Zenit-RUS)

Coadjuvantes protagonizando…

Grupo A: Porto(POR), Dínamo Zagreb(CRO), Paris Saint Germain(FRA), Dínamo Kiev(UCR)

Pela terceira rodada da fase de grupos, mais uma vez Slatan Ibrahimovic brilhou e ajudou a dar a lógica no Grupo A da Liga. Os franceses foram até a cidade de Zagreb, na Croácia, encarar o Dínamo e não encontraram maiores dificuldades. Com um gol do atacante sueco, e outro de Jeremy Ménez, o Paris Saint Germain fez 2 a 0 e agora está três pontos atrás do outro favorito da chave, o Porto. Os portugueses receberam o outro Dínamo, o de Kiev. E o time do brasileiro Betão não aguentou a pressão dos anfitriões e à boa fase do atacante colombiano Jackson Martínez. Dois gols dele e 3 a 2 Porto.

1 Porto 9
2 PSG 6
3 Dínamo Kiev 3
4 Dínamo Zagreb 0

Grupo B: Arsenal(ING), Montpellier(FRA), Olympiakos(GRE), Schalke 04(ALE)


No grupo B, os holandeses do alemão Schalke 04 não deram chances aos ingleses do Arsenal. Mesmo jogando em Londres, os visitantes não se intimidaram com o poderio adversário e foram para cima. Contando com gols dos holandeses Huntellar e Afellay, o Schalke bateu o Arsenal por 2 a 0 e se isolaram na ponta da chave. deixando os rivais em segundo. Na outra partida do grupo, o Olimpiakos, da Grécia, conquistou a primeira vitória na Liga. Atuando também fora de casa, os gregos fizeram 2 a 1 frente ao Montpellier, que somou apenas um ponto até aqui.

1 Schalke 7
2 Arsenal 6
3 Olimpiakos 3
4 Montpellier 0

Grupo C: Milan(ITA), Málaga(ESP), Anderlecht(BEL), Zenit(RUS)


Zebra passeando no grupo C. Em uma chave aparentemente tranquila para o Milan, os italiano começam a se complicar. E quem se aproveita disso é o Málaga, estreante na maior competição de futebol entre clubes da Europa. Jogando em seus domínios, os espenhóis contaram com Joaquín, que foi de herói a vilão no mesmo jogo, para manter o 100% de aproveitamento em três partidas disputadas. Depois de perder um pênalti no primeiro tempo, o atacante espanhol fez o gol da vitória, que manteve os sete vezes campeões da Liga longe da primeira colocação. 1 a 0. 5 pontos separaram Málaga e Milan. Outra preocupação para o time de Pato, Robinho e cia. é o Zenit. A equipe do brasileiro Hulk venceu o Anderlecht, na Rússia, e agora estão apenas um ponto atrás dos milanistas.

1 Málaga 9
2 Milan 4
3 Zenit 3
4 Anderlecht 1

Grupo D: Real Madrid(ESP), Borussia Dortmund(ALE), Ajax(HOL), Manchester City(ING)


Se o Milan vai vivendo maus bocados no Grupo C, a situação do Manchester City no Grupo D, é ainda pior. Os atuais campeões ingleses conquistaram apenas um ponto até aqui e amargam a última posição. O tropeço da vez aconteceu em Amsterdã. Mesmo saindo na frente, os ingleses sofreram a virada, e acabaram derrotados por 3 a 1. Outro que acabou surpreendido foi o Real Madrid. Jogando em Dortmund, Cristiano Ronaldo não conseguiu deter o ímpeto alemão. 2 a 1 para o Borussia, novo líder da chave. O resultado embolou ainda mais a situação no grupo e faz com que o City se afaste mais de uma vaga para a próxima fase.

1 Borussia Dortmund 7
2 Real Madrid 6
3 Ajax 3
4 Manchester City 1

Grupo E: Chelsea(ING), Juventus(ITA), Shaktar Donetsk(UCR), Nordsjaelland(DIN)

Muito bem no Campeonato Inglês, no qual é líder com certa folga, o iminente adversário do Corinthians no Mundial de Clubes do Japão em dezembro, chegou à Ucrânia embalado. E foi embora decepcionado. Frente à legião brasileira que atua pelo Shaktar, os ingleses acabaram se dando mal. Com gols de Alex Teixeira, ex-Vasco, e Fernandinho, ex-Atlético/PR e com passagem pela Seleção Brasileira, os ucranianos fizeram 2 a 1 (Oscar marcou para os Blues) e assumiram a liderança do grupo. No outro jogo, a Juventus viajou para a Dinamarca e ficou no empate diante do Nordsjaelland: 1 a 1.

1 Shaktar 7
2 Chelsea 4
3 Juventus 3
4 Nordsjaelland 1

Grupo F: Bayern de Munique(ALE), Valencia(ESP), Lille(FRA), BATE Borisov(BIE)


Tudo junto e misturado no Grupo F. Exceto os franceses do Lille, que só perderam na competição até o momento, todas as equipes mantém a mesma pontuação e têm as mesmas chances de classificação. Surpresa maior pelo BATE Borisov, da Bielorrússia, que divide a ponta com Bayer de Munique e Valencia. Nesta terceira rodada, os espanhóis jogaram fora de casa contra o BATE e venceram por 3 a 0. Já o Bayern também jogou longe de seus domínios, e fez 1 a 0 no Lille, gol de Thomas Muller.

1 Valencia 6
BATE 6
Bayern 6
4 Lille 0

Grupo G: Barcelona(ESP), Benfica(POR), Celtic(ESC), Spartak Moscou(RUS)

Mesmo não jogando tudo o que pode, o Barcelona lidera sem problemas o seu grupo da Liga dos Campeões da Europa. Jogando em casa, Messi passou em branco, mas Andres Iniesta e Jordi Alba fizeram os gols da vitória do Barça por 2 a 1 para cima do Celtic, da Escócia. Os catalães continuam com 100% de aproveitamento, três vitórias em três jogos na Liga. Longe dali, em Moscou, o Spartak surpreendeu o Benfica e conquistou a primeira vitória na competição. Com isso, os portugueses do Benfica permenceram com apenas um ponto e estão muito próximos da eliminação.

1 Barcelona 9
2 Celtic 4
3 Spartak Moscou 3
4 Benfica 1

Grupo H: Manchester United(ING), Braga(POR), Cluj(ROM), Galatasaray(TUR)

O Manchester United deu um susto dos grandes para cima de seus torcedores. Atuando em Old Trafford, os anfitriões saíram perdendo por dois a zero para o Braga, de Portugal, com dois gols do brasileiro Alanzinho. Mas deu tempo de uma reação incrível. Dois gols do mexicano Chicharito Hernandez e um do zagueiro Evans deram a vitória e a liderança para os Diabos Vermelhos, que é outra equipe a manter o 100%, com três vitórias em três jogos. No outro jogo da chave, Galatasaray e Cluj empataram em 1 a 1.

1 Manchester United 9
2 Cluj 4
3 Braga 3
4 Galatasaray 1

(Fotos: EFE/ AP/ Reuters/ GettyImages)

Alex está fora do Fenerbahce!!


Depois de oito anos de glórias e conquistas, o meia Alex não vestirá mais a camisa do Fenerbahce. Nesta segunda-feira, o camisa 10 confirmou que rescindiu o contrato com o clube turco. E o principal causador dessa rescisão atende pelo nome de Aykut Kocaman, ex-ídolo e atual técnico do Fenerbahce. O que se diz é que o comandante passou a deixar Alex de lado quando o brasileiro passou a se aproximar dos números e recordes ao qual o ex-jogador havia atingido com a camisa de Fener. Para citar um exemplo, Alex tem 185 gols é o oitavo da lista de maiores artilheiros de todos os tempos no clube, nove a menos que o técnico. Contando apenas o Campeonato Turco, Kocaman é o recordista do clube com 140, somente quatro a mais que o brasileiro. Ao que deixa claro por puro ‘ciúme’, o treinador passou a utilizar Alex bem pouco, deixando-o na reserva e, na maioria das vezes, nem relacionando o atleta.

Alex já andava insatisfeito com a situação, mas o ápice aconteceu ontem mesmo, quando a diretoria do clube declarou que o meia estava afastado do restante do elenco, e que iria passar a treinar em separado, sem explicar os motivos dessa decisão. Quase que imediatamente, através do Twitter, Alex rebateu e afirmou ter rescindido o contrato. Já nesta terça, Alex emitiu um comunicado esclarecendo como que aconteceu sua saída. O que ele passa foi que o treinador lhe passou o seguinte recado: “Eu s
ou o treinador e a liderança do time, mas você é muito grande e forte. Não posso ter você contra minhas ideias dentro do vestiário. Por isso tomei essa decisão.” A decisão foi de afastar o meia brasileiro, que momentos depois foi à sala do presidente do Fenerbahce, que não lhe passou confirança perante a situação e, segundo o próprio atleta, o ordenou aceitar a iniciativa do técnico: “A decisão é sua! Você treina em separado ou vai embora!” Essa conversa durou cerca de cinco minutos. Alex está fora da equipe turca.

A notícia causou revolta nos torcedores, que foram até a casa de Alex durante a madrugada, em mais uma prova de amor com o ídolo. Centenas de pessoas fizeram protesto contra a diretoria e até queimaram uma bandeira com a imagem do presidente. Emocionado, Alex apareceu na janela ao lado de familiares e agradeceu pelo carinho. Por iniciativa da torcida, a diretoria inaugurou no dia 15 de setembro uma estátua do craque em uma praça ao lado do estádio Şükrü Saracoğlu. Quem também ficou muito feliz com todo esse cenário foram diretorias e torcidas de Palmeiras, Coritiba e Cruzeiro, ex-equipes de Alex no Brasil, e para as quais o jogador afirmou que gostaria de atuar novamente quando retornasse ao Brasil. Especula-se que Santos e Grêmio também entrariam na briga para contar com o jogador de 36 anos.

(Fotos: Divulgação/ Getty)

Kaká voltou!!!


Na tarde desta quinta-feira, o técnico Mano Menezes fez mais uma convocação da Seleção Brasileira. Desta vez, os compromissos brasileiros são os amistosos diante de Iraque e Japão, dias 11 e 16 de outubro, nas cidades de Malmo, na Suécia e em Breslávia, na Polônia, respectivamente. Devido ao momento importante do Campeonato Brasileiro, e pensando em não prejudicar muito as equipes, Mano optou por chamar apenas um jogador de cada equipe que disputa o Brasileirão. Em uma lista com poucas surpresas, o maior destaque ficou por conta do retorno de Kaká. O meia, que vem sendo pouco utilizado no Real Madrid, não sendo utilizado nenhuma vez oficialmente nesta temporada, volta a vestir a camisa amarelinha deopis de dois anos sem ser lembrado. O último jogo dele pelo Brasil foi justamente na Copa de 2010, na eliminação frente à Holanda. Outra novidade foi o zagueiro Leandro Castán, recém-saído do Corinthians para a Roma, da Itália. Um fato que deve causar alguma polêmica foi Mano Menezes não ter atendido o pedido da direção do Santos de poupar o atacante Neymar desses amistosos, já que o jogador anda bastante desgastado pela sequência de compromissos.

Eis a lista completa da convocação:

Goleiros
:
Diego Alves (Valencia)
Victor (Atlético-MG)
Jefferson (Botafogo)

Laterais:
Daniel Alves (Barcelona)
Adriano (Barcelona)
Marcelo (Real Madrid)
Alex Sandro (Porto)

Zagueiros:
Thiago Silva (PSG)
David Luiz (Chelsea)
Leandro Castán (Roma)
Dedé (Vasco)

Volantes:
Sandro (Tottenham)
Paulinho (Corinthians)
Fernando (Grêmio)
Ramires (Chelsea)

Meias:
Kaká (Real Madrid)
Oscar (Chelsea)
Lucas (São Paulo)
Giuliano (Dnipro-UCR)
Thiago Neves (Fluminense)

Atacantes:
Neymar (Santos)
Leandro Damião (Internacional)
Hulk (Zenit)