Surpresa? Só no G…

Grupo A: Porto(POR), Dínamo Zagreb(CRO), Paris Saint Germain(FRA), Dínamo Kiev(UCR)

Pela quarta rodada da Liga dos Campeões, o matador Ibrahimovic mudou um pouco suas características. Não marcou nenhum gol, mas em compensação optou por servir. Participou da armação da maioria da sjogadas de ataque do PSG e fez assistência para os quatro gols da equipe na goleada para cima do Dínamo Zagreb, em Paris. O brasileiro Alex abriu o placar, e Matuidi, Ménez e Hoarau completaram. PSG 4 a 0 e os franceses colam no líder do grupo que ainda é o Porto. Jogando fora de casa, os portugueses ficaram no empate sem gols diante do Dinamo Kiev, mas seguem um ponto a frente do PSG.

1 Porto 10
2 PSG 9
3 Dínamo Kiev 4
4 Dínamo Zagreb 0

Grupo B: Arsenal(ING), Montpellier(FRA), Olympiakos(GRE), Schalke 04(ALE)

No duelo que poderia definir a equipe que dispararia na liderança, empate e tudo ficou embolado. Em Gelsenkirchen, o Schalke recebeu o Arsenal e foi melhor durante a maior parte do jogo. Mesmo assim foram os ingleses que tiveram duas vezes na frente do marcador, mas os anfitriões conseguiram buscar os empates, e o placar final ficou mesmo em 2 a 2. Já na Grécia, o Olimpiakos recebeu e não teve maiores problemas para superar o Montpellier, da França. 3 a 1 e os gregos seguem vivos na briga por uma das vagas nas Oitavas.

1 Schalke 8
2 Arsenal 7
3 Olimpiakos 6
4 Montpellier 0

Grupo C
: Milan(ITA), Málaga(ESP), Anderlecht(BEL), Zenit(RUS)

E continua a fase difícil do Milan. Apenas na décima colocação no Campeonato Italiano, o milanistas também andam se complicando na Liga dos Campeões. Vindo de derrota para os próprios espanhóis, o time de Pato contou com o primeiro gol do atacante brasileiro na temporada para evitar mais uma derrota para o Málaga, dessa vez jogando em Milão. No final do primeiro tempo, Eliseu colocou os visitantes na frente. E o empate dos donos da casa saiu aos 30 da etapa final. Com a igualdade, os italianos seguem em segundo, apenas um ponto a frente do Anderlecht, da Bélgica, que, em casa, bateu o Zenit, da Rússia, por 1 a 0. Os russos, que não contaram com Hulk, contundido, estão em último, mas ainda com chances, dois pontos atrás do Milan. O Málaga lidera com folga.

1 Málaga 10
2 Milan 5
3 Anderlecht 4
4 Zenit 3

Grupo D: Real Madrid(ESP), Borussia Dortmund(ALE), Ajax(HOL), Manchester City(ING)

No chamado ‘Grupo da Morte’ desta edição da liga, nada dos atuais campeões espanhóis (Real Madrid), nem dos campeões ingleses (Manchester City). Quem dá as cartas na chave são os alemães do Borussia Dortmund. Assim como aconteceu há duas semanas atrás, Real e Borussia fizeram um confronto emocionante, decidido apenas nos momentos finais. Jogando em casa, os espanhóis foram surpreendidos pelos excelentes contra-ataques dos rivais. Em um deles, Reus abriu o placar para os visitantes. O zagueiro Pepe empatou de cabeça. Ainda na primeira etapa, Götze fez mais um e os merengues só conseguiram igualar novamente aos 44 do segundo tempo, em cobrança de falta de Ozil. 2 a 2. Na outra partida, o Manchester City se desesperou ainda mais na competição. Mesmo atuando em seus domínios, os citizens saíram perdendo por 2 a 0, conseguiram o empate também em 2 a 2, mas precisam de duas vitórias e uma combinação de resultados para se classificar.

1 Borussia Dortmund 8
2 Real Madrid 7
3 Ajax 4
4 Manchester City 2

Grupo E: Chelsea(ING), Juventus(ITA), Shaktar Donetsk(UCR), Nordsjaelland(DIN)

No Grupo E também teve emoção até o último momento na partida entre Chelsea e Shaktar Donetsk. Como aconteceu no último confronto, duas semanas atrás, em Donetsk, o time da Ucrânia foi melhor, e chegou a dominar o adversário, mesmo atuando em Stanford Bridge. Mas jogando em casa, com o apoio da sua torcida, e contando com falhas da defesa ucraniana e com a categoria do meia Oscar, os Blues conseguiram a vitória no último lance do jogo. Logo no começo, o goleiro Pyatov recebeu passe na fogueira e o bicão do arqueiro explodiu em Fernando Torres e foi parar nas redes. Pouco tempo depois, o ex-corintiano Willian empatou. Ainda na primeira etapa, em mais uma falha da defesa, Pyatov saiu da área para afastar de cabeça, Oscar ficou com a sobra e bateu quase do meio do campo. Golaço! No início do segundo tempo, Willian fez mais um. Mas aos 47, Moses usou a cabeça para dar os três pontos para o Chelsea, que se igualou ao Shaktar na ponta. A Juventus continua na briga após golear os dinamarqueses do Nordsjaelland por 4 a 0.

1 Chelsea 8
Shaktar 8
3 Juventus 7
4 Nordsjaelland 1

Grupo F: Bayern de Munique(ALE), Valencia(ESP), Lille(FRA), BATE Borisov(BIE)

No Grupo F, alemães e espanhóis não estão muito dispostos a dar chances para os rivais mais modestos. Prova disso, foi o atropelamento que aconteceu em Munique. O Lille foi até a Alemanha e não conseguiu respirar desde o primeiro minuto de jogo. Para se ter uma idéia, o que pensar de uma partida em que termina o primeiro tempo em 4 a 0. Na segunda etapa vieram mais dois e o Bayern de Munique goleou por 6 a 1. Já na Espanha, o Valencia contou com um gol do brasileiro Jonas para superar o Bate Borisov por 4 a 2 e se juntar ao Bayern na primeira posição da chave.

1 Valencia 9
Bayern 9
3 BATE 6
4 Lille 0

Grupo G: Barcelona(ESP), Benfica(POR), Celtic(ESC), Spartak Moscou(RUS)

Quer surpresa? Ela veio no Grupo G. Jogando na Escócia, o Barcelona jogou como de costume. Posse de bola extremamente maior, inúmeras chances criadas, pressão intensa. Porém, os espanhóis não contavam com a atuação inspirada de Ben Foster, goleiro do Celtic, e também da precisão das finalizações escocesas, já que, basicamente, duas foram as chances de gol criadas pelos donos da casa, e as duas foram para no fundo da rede. Com gols de Wanyama e Watt, o Celtic saiu com a vitória. Messi ainda diminiu no finalzinho, mas já era tarde. Após o apito final, festa dos anfitriões como se fosse de um título. Com os três pontos conquistados, o Celtic se enche de esperança para conseguir a classificação. O Barça continua em primeiro. No outro jogo, o Benfica contou com dois gols de Oscar Cardozo para bater o Spartak por 2 a 0, em território português e ainda seguir sonhando com uma vaga.

1 Barcelona 9
2 Celtic 7
3 Benfica 4
4 Spartak Moscou 3

Grupo H: Manchester United(ING), Braga(POR), Cluj(ROM), Galatasaray(TUR)

Se o Manchester United teve certa sorte no sorteio dos grupo dessa Liga dos Campeões, nada mais correto do que justificar essa superioridade frente aos rivais na chave. Mas os ingleses sofreram para alcançar a quarta vitória em quatro jogos e se garantir como primeira equipe já classificada para a próxima fase. Em Portugal, após sair perdendo, com um gol do brasileiro Allan, de pênalti, os ingleses só conseguiram a virada nos últimos 15 minutos de jogo. Debaixo de muita chuva, Van Persie, Rooney e Chicharito Hernandez decretaram o 3 a 1. Em segundo está Galatasaray que, mesmo fora de casa, bateu o Cluj, da Romênia, também por 3 a 1, e empatou com o rival em pontos, mas leva vantagem no saldo de gols. A segunda vaga da chave segue em aberto.

1 Manchester United 12
2 Galatasaray 4
Cluj 4
4 Braga 3

(Fotos: Reuters/ EFE/ Getty Images)

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: