Arquivo para fevereiro \03\UTC 2012

Urgente! Douglas é do Corinthians!!!


A novela ‘Montillo’ durou muito, muito tempo. O Corinthians correu muito atrás do meia do Cruzeiro. Mas a dificuldade que o time de Belo Horizonte apresentou em liberar o atleta dificultou o sonho da cúpula corintiana de contar com o meia argentino no elenco. Demorou bastante tempo, mas os dirigentes alvinegros finalmente desistiram. Com isso, rapidamente foi buscado um ‘plano B’, podemos chamar assim. Se bem que não era tão ‘B’ assim. Os dirigentes do Timão apostaram em um velho conhecido da Fiel para integrar o meio campo da equipe do técnico Tite na temporada 2012. Douglas.

(Foto: Tatiana Lopes / Diario Gaucho)

O camisa 10 chega do Grêmio, com quem tinha contrato até o final de 2012, mas como não chegou a um acordo para renovação com o time gaúcho, o Tricolor resolveu negociá-lo para não cair em prejuízo. O meia foi contratado por R$ 3 milhões. As negociações para um retorno ao time de Parque São Jorge vêm de tempos. Desde 2011, o Corinthians tenta recontratá-lo, mas apenas agora as partes chegaram a um acordo, principalmente com relação às bases salariais. O contrato agora é de três anos.

(Foto: EFE/ Terra)

Antes do retorno, Douglas passou pouco mais de dois anos no Grêmio, onde conquistou o Campeonato Gaúcho de 2010. Antes disso, esteve no Al Wasl, dos Emirados Árabes, São Caetano, Rizespor, da Turquia e Criciúma, onde surgiu para o futebol. Sua primeira passagem no Corinthians aconteceu em 2008, quando atuou no título da Série B e se sagrou campeão também do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil em 2009.

(Foto: Clayton de Souza/ AE)

Anúncios

Oficial! Luxemburgo não é mais técnico do Flamengo!


Mesmo com a fase turbulenta e cheia de ocnfusões que atravessa, o Flamengo fez uma partida decisiva da maneira como precisava, na base da raça, da vontade e do amor que a torcida que lotou o Engenhão sempre demonstra. Com um gol de cabeça de Léo Moura no primeiro tempo, e outro no finalzinho com Ronaldinho Gaúcho decretando a conquista, o Rubro-Negro venceu o Real Potosí, da Bolívia, por 2 a 0 e garantiu vaga na fase de grupos da Taça Libertadores da América. A partida de ida, na Bolívia, havia terminado 2 a 1 para os bolivianos.

Com a vitória, o Flamengo estará no Grupo 2, juntamente com o Emelec, do Equador, com o Olímpia, do Paraguai, e com o Lanús, da Argentina. Porém, nem toda essa alegria foi o suficiente para amenizar o clima para os lados da Gávea. Antes mesmo do confronto da última quarta pela Pré-Libertadores, surgiu a notícia de que o técnico Vanderlei Luxemburgo, independentemente do resultado da partida, seria demitido. Inclusive já indicando até o substituto de Luxa, que seria Joel Santana. Depois da vitória, e de toda essa infinidade de boatos e possibilidades, na tarde dessa quinta-feira, a Patrícia Amorim anunciou em entrevista coletiva, a saída do técnico Vanderlei Luxemburgo do cargo.

(Foto: Janir Junior/ Globoesporte.com)

Vencemos a partida e o Flamengo consolidou o projeto da Libertadores. Antes do jogo tivemos algumas notícias. Não tínhamos contratado nenhum treinador ontem (quarta-feira). Até hoje (quinta-feira) era o Luxemburgo. Hoje é um outro dia, outro contexto. Teve desdobramento depois do jogo, quase não dormimos, tivemos o pedido de torcedores, ouvimos jogadores, achamos importante mudar agora. Quem veio, cumpriu a missão muito bem cumprida. O ambiente estava pesado. Conversando com ele (Luxemburgo), percebendo o ambiente conturbado, vimos que os pensamentos eram divergentes. A conclusão desse encontro foi o afastamento do treinador.

Juntamente com o treinador, deixam o clube o gerente de futebol, Isaías Tinoco e, muito provavelmente, o preparador físico Antônio Mello e o auxiliar Júnior Lopes, cujas demissões não foram confirmadas pela presidente. Quem dirige o Flamengo já nesta sexa-feira, contra o Olaria, pela terceira rodada do Campeonato Carioca, é o auxiliar Jaime de Almeida. Mesmo com a negativa de Patrícia Amorim, tudo indica mesmo que o substituto de Luxemburgo seja mesmo Joel Santana. Para confirmar ainda mais a possibilidade, o ex-comandante da Seleção da África do Sul pediu demissão hoje mesmo do cargo de técnico do Bahia.

(Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias)

(Fotos: Terra)

Gol de falta…do Assunção…acredita?


Mas que surpresa! Quem diria! Inacreditável! O Palmeiras venceu sua segunda partida no Paulistão e segue invicto, sem perder nenhuma partida em 2012. E adivinha de que forma…Exato. Marcos Assunção. Adivinha como…Exato. Em cobranças de faltas. Aproveitando a bola parada da sua forma tradicional e de maneira perfeita, o capitão palmeirense tirou o time do sufoco e manteve a invencibilidade do Verdão. O duelo contra o Mogi Mirim, no Pacaembu, ainda marcou os retornos de Valdivia, ausente na última partida, frente ao Catanduvense, e do técnico Luiz Felipe Scolari, que retornou de suspensão e esteve comandando no banco de reservas pela primeira vez na temporada.

E as coisas foram facilitadas pelo camisa 20, logo no segundo minuto de jogo. Fernandão, titular no lugar do sacado Ricardo Bueno, tabelou com Valdivia e foi derrubado na meia lua da grande área. Pra quê? Falta. Marcos Assunção. Gol. 1 a 0 Palmeiras.

Os comandados de Felipão buscavam manter a agressividade e a pressão no campo do Mogi, e até conseguiu manter uma correria na primeira metade do primeiro tempo, até que o time do presidente Rivaldo, que estava em um dos camarotes do Pacaembu, passasse a incomodar a defesa alviverde. A velocidade mudava de lado e os rápidos atacantes Fernandinho e Hernane partiam para cima dos defensores. A maior arma palmeirense foram os avanços pelo lado esquerdo, principalmente com Luan e Juninho, com a bola sempre passando pelos pés de Valdivia.

Na etapa final, foram mais frequentes as reclamações dos poucos torcedores que compareceram ao estádio na capital paulista. Isso porque aconteciam com mais frequencia as oportunidades desperdiçadas pelos homes de frente do Verdão. As falhas dos anfitriões encorajavam ainda mais os visitantes a partiram para cima em busca do empate. O goleiro Deola trabalhou bem em chegadas, principalmente dos jogadores que chegavam de trás, no caso Fernandinho e Renê. Para melhorar a qualidade no último passe, Scolari lançou Daniel Carvalho no lugar de Luan, já passada a metade do segundo tempo.

Mesmo assim, o Mogi passou a pressionar cada vez mais, sentindo que o gol de empate poderia estar perto. Deola seguia segurando as pontas e garantindo o resultado. Com isso, Felipão ainda mandou a campo Chico e João Vítor, mais com o intuito de segurar os três pontos do que outra coisa. Mas aos 42, os palmeirenses comemoraram antes mesmo de ver a vitória sacramentada. Falta. Dessa vez do lado esquerdo de ataque. Praticamente na linha da área. De um lugar que o cruzamento para uma possível cabeçada seria inevitável. O camisa 20 evitou. Marcos Assunção. Direto para o gol. Palmeiras 2 x 0 Mogi Mirim.

Com a vitória, o Palmeiras chega aos oito pontos, bem perto dos líderes do Paulistão. Já o Mogi Mirim, depois de um ótimo começo com duas vitórias em dois jogos, está no meio da tabela, com os seis pontos. Na próxima rodada, o primeiro clássico da temporada, Palmeiras e Santos, no domingo, em Presidente Prudente. O Mogi enfrenta o Comercial, no sábado.

Quem se isolou na ponta da tabela foi o Corinthians. Assim como foi nas outras três partidas iniciais, o Timão não empolgou, apresentou futebol ainda distante do que apresentava em 2011, natural devido ao início do ano, mas venceu novamente. Com um gol de voleio de Paulinho, aproveitando cruzamento do estreante Gilsinho, os alvinegros bateram o Ituano por 1 a 0 e mantiveram os 100% de aproveitamento. Nos outros jogos, destaque para o Paulista, que venceu o Mirassol, fora de casa, por 2 a 1, e é o vice-líder do Campeonato Paulista e ao empate heróico da Portuguesa, 1 a 1, contra o Braga, em Bragança Paulista.

(Foto: portuguesa.com.br)

(Fotos: Terra)

Palmeiras oficializa novo patrocínio na camisa…

Daniel Romeu
GLOBOESPORTE.COM

O Palmeiras oficializou nesta quarta-feira a parceria com a Kia Motors para o patrocínio master nas camisas do clube. Em evento marcado pelo bom humor de Arnaldo Tirone e do técnico Luiz Felipe Scolari, o mandatário alviverde comemorou o acordo de três anos com a montadora coreana. O presidente da empresa no Brasil, José Luiz Gandini, e o supervisor de futebol do Palmeiras, Galeano, também estiveram presentes.

Os valores não foram confirmados publicamente, mas o Verdão deve receber cerca de R$ 75 milhões pelo acordo. Como a parceria foi fechada em somente três dias de conversas e reuniões, a participação da empresa automotiva em contratações ainda não está prevista – apesar de não ser descartada. O presidente Arnaldo Tirone não garante que o dinheiro será todo investido no futebol, mas ressalta que essa será sempre a prioridade da diretoria. A Fiat, última parceira do clube, pagou R$ 26 milhões pelo acordo de 18 meses.

A estreia da nova camisa será no clássico contra o Santos, no próximo domingo, em Presidente Prudente. Contra o Mogi Mirim, na noite desta quarta, o Verdão deve entrar em campo sem o patrocínio principal. Skill, BMG e Tim também têm suas marcas estampadas no uniforme palmeirense.

José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors no Brasil

Anúncios