Arquivo para 9 de fevereiro de 2012

Não ‘FALTA’ nada…


Os novos ingredientes eram vários no time do Palmeiras. Artur, na lateral direita, Daniel Carvalho, substituto de Valdivia, e Barcos, que finalmente fez sua estreia, deram um tempero a mais no time alviverde. Mas a fórmula do sucesso foi a mesma: Marcos Assunção. Contra o XV de Piracicaba, nesta quarta-feira, o time jogou mal, terminou com cinco volantes em campo e, mais uma vez, precisou do capitão para deixar o Pacaembu com vitória, e com a liderança do Paulistão, ao menos até as partidas de Paulista e São Paulo.

Dos onze gols do Palmeiras na temporada, sete tiveram a participação do volante – um dos principais responsáveis pela invencibilidade de 12 partidas da equipe. Mais um gol de falta e uma assistência do camisa 20 e mais três pontos para o Verdão. Ainda assim, as constantes falhas preocupam para o restante do Paulistão: se o resultado foi bom, o time deu uma aula de desencontrole e por pouco não entregou de graça o empate e até a vitória ao adversário.

Daniel Carvalho, em boa jogada individual, abriu o placar para o Verdão. Assunção de falta, marcou o segundo e colocou a bola na cabeça de Artur no terceiro. Ricardinho e Maurício Ramos, contra, marcaram para o time de Piracicaba. Palmeiras e XV de Piracicaba voltam a campo no próximo fim de semana. No sábado, novamente no Pacaembu, o time de Felipão recebe o Ituano, às 17h. No domingo, às 19h30, o XV enfrenta o Catanduvense no Barão de Serra Negra.

Já em Mogi, a história foi diferente. Parecia um jogo tranquilo para o Corinthians: com apenas 14 minutos, o Timão vencia por 1 a 0 e já tinha um jogador a mais – Edson Ratinho foi expulso aos 12. Só parecia. Em mais uma atuação sem empolgar, o Alvinegro não aproveitou a vantagem em campo e cedeu o empate ao Mogi Mirim. Emerson, de pênalti, e Hernane, artilheiro do torneio com sete gols, marcaram. Com o segundo tropeço consecutivo (ficou no 1 a 1 com o Bragantino), o Corinthians perde a chance de acumular pontos para pensar somente na Taça Libertadores. O Timão tem agora 14, mas pode cair para quarto lugar dependendo dos outros resultados.

ALém da dupla de grandes, também jogaram na quarta-feira Guarani e Portuguesa, em Campinas. E os atuais campeões brasileiros da Série B não conseguiram se dar bem contra o Bugre e saíram do estádio Brinco de Ouro derrotados. 1 a 0. Com 13 pontos, a equipe de Oswaldo Alvarez aumentou para quatro jogos seu período de invencibilidade e segue em quinto lugar. Por outro lado, a Portuguesa conheceu a segunda derrota e continua com seis pontos, a dois pontos do G8, mas os três pontos que a separam da zona de rebaixamento também começam a assustar.

(Foto: Rodrigo Gianesi/ Globoesporte.com)

(Fotos não legendadas: Terra)

Anúncios
Anúncios