‘Equilibridade’…

Eduardo Cecconi e Leandro Canônico
GLOBOESPORTE.COM


Há exatas duas semanas o Vasco chegou a Porto Alegre líder do Campeonato Brasileiro. Perdeu para o Inter, e voltou ao Rio de Janeiro na 2ª colocação. E neste domingo a história quase se repetiu. Novamente no Estádio Beira-Rio, o time treinado por Dorival Júnior derrubou uma equipe da liderança, mas não da maneira que esperava. Internacional e Corinthians se enfrentaram em partida bastante equilibrada, ao menos no primeiro tempo. Jogando em casa, apoiado por aproximadamente 40 mil colorados, o Inter até levou certa vantagem – teve 53% da posse e finalizou seis vezes – mas os números foram praticamente idênticos nos passes certos, nos passes errados, nos desarmes, nas faltas.

Quem desequilibrou, e impediu a vitória parcial do Inter, foram Julio Cesar e a pontaria colorada. Frente a um ofensivo adversário, muitas vezes posicionado sob as prerrogativas de um reinventado 4-2-4, o goleiro corintiano se viu obrigado a fazer duas boas defesas – nas demais chances, faltou mira na hora de concluir para Jô, Andrezinho e Oscar. Criou-se, entretanto, uma boa perspectiva para o Inter. Aos 40 o lateral Alessandro derrubou Andrezinho com truculência, no campo de ataque, e recebeu cartão vermelho direto do árbitro Evandro Rogério Roman.

A expulsão no final do primeiro tempo levou os dois treinadores a tomarem iniciativas contrastantes no intervalo. Tite reconstituiu a defesa trocando o atacante Willian pelo lateral Welder, sistematizando uma espécie de 4-4-1 em duas linhas; e Dorival Júnior respondeu substituindo o volante Bolatti pelo driblador meia João Paulo, recuando Andrezinho para a proteção defensiva no 4-2-3-1 com cara de 4-2-4. Mas o Corinthians não se intimidou com tamanhas dificuldades. Danilo, por exemplo, desperdiçou ao cabecear nas mãos de Muriel a primeira boa jogada do segundo tempo. Nada que fizesse, também, o Inter desistir da pressão elaborada por Dorival.

E o gol que premiou a insistência colorada saiu aos 21, em jogada dos laterais: Kléber cruzou da esquerda e Nei atirou-se em meio aos zagueiros, e em posição legal, para cabecear no canto e vencer o goleiro Júlio César.

Quando anunciava-se a vitória dos gaúchos, com festa da torcida, D’Alessandro, que já havia recebido cartão amarelo por reclamação na primeira etapa, fez falta dura em Alex, e foi expulso. O cronômetro já passava dos 42 minutos. Era possivelmente a última chance do time paulista. E o ex-jogador do Inter marcou na cobrança de falta. Da intermediária, uma pancada no cantinho de Muriel. Mesmo alcançando o empate, ele respeitou o ex-clube, sem comemorar o gol corintiano. Inter 1 x 1 Corinthians.
<
O Inter vai para 48 pontos, e segue na 7ª colocação, desperdiçando a chance de encostar no G-5. O Corinthians tem 55, dois a menos que o Vasco, novo líder. Pela 32ª rodada, o Corinthians recebe o desesperado Avaí no Pacaembu às 16h do próximo domingo. No mesmo dia, às 18h, o Inter visita o Atlético-GO no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Nos outros jogos da rodada 31, o Vasco reassumiu a liderança do torneio nacional ao bater o Bahia, fora de casa. Com gols de Felipe e Diego Souza, o time da Colina não se intimidou com a pressão da torcida baiana e fez tranquilos 2 a 0 para ultrapassar o Corinthians e liderar novamente o Brasileirão. O outro carioca que briga pela ponta também atuou longe de seus domínios, mas não teve a mesma sorte e/ou competência. Jogando em Florianópolis, o Botafogo saiu na frente, mas sofreu duas viradas e acabou derrotado pelo Avaí por 3 a 2. O São Paulo se distanciou do pelotão de frente ao empatar sem gols, em casa com o Coritiba, 0 a 0. Flamengo e Santos ficaram longe de fazer um jogo tão bom quanto aquele do primeiro turno, mas fizeram jogo equilibrado novamente, e ficaram no empate em 1 a 1. E o Cruzeiro, debaixo de muita chuva, e de maneira heróica, conseguiu virar pra cima do Atlético/GO e fugir da zona de rebaixamento. 3 a 2.

RODADA 31
>Sábado – 22/10/2011
Avaí 3 x 2 Botafogo – Ressacada/Florianópolis(SC)
Palmeiras 1 x 2 Figueirense – Canindé/São Paulo(SP)
América/MG 2 x 2 Grêmio – Arena do Jacaré/Sete Lagoas(MG)
Fluminense 2 x 0 Atlético/PR – Engenhão/Rio de Janeiro(RJ)

>Domingo – 02/10/2011
São Paulo 0 x 0 Coritiba – Morumbi/São Paulo(SP)
Cruzeiro 3 x 2 Atlético/GO – Arena do Jacaré/Sete Lagoas(MG)
Flamengo 1 x 1 Santos – Engenhão/Rio de Janeiro(RJ)
Inter 1 x 1 Corinthians – Beira-Rio/Porto Alegre(RS)
Atlético/PR 1 x 0 Ceará – Arena da Baixada/Curitiba(PR)
Bahia 0 x 2 Vasco – Pituaçu/Salvador(BA)

CLASSIFICAÇÃO P
1 Vasco 57
2 Corinthians 55
3 Botafogo 52
Flamengo 52
5 Fluminense 50
6 São Paulo 49
7 Inter 48
8 Figueirense 47
9 Grêmio 43
10 Santos 42
Atlético/GO 42
Coritiba 42
13 Palmeiras 41
14 Bahia 36
15 Cruzeiro 34
16 Atlético/MG 33
17 Ceará 32
18 Atlético/PR 31
19 Avaí 28
20 América/MG 25

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: