Arquivo para 18 de outubro de 2011

Adílson não é mais técnico do São Paulo!

Depois de perder fora de casa para o Atlético/GO por 3 a 0, somar sua sexta partida sem vitória, e deixar o grupo dos cinco melhores pela primeira vez no Brasileirão deste ano, a diretoria do São Paulo decidiu demitir o técnico Adílson Batista. A cúpula tricolor, aliás, não perdeu tempo, e comunicou a saída ao treinador ainda nos vestiários do estádio Serra Dourada. De maneira não-oficial, se diz que Adílson já havia sido informado que, caso não conquistasse um bom resultado contra o Atlético, perderia o emprego. Quem informou a decisão para a imprensa foi o diretor de futebol do clube paulista, Adalberto Batista.

Por sinal, o São Paulo, sempre destacado como clube que valorizava seus funcionários, dando tempo a todos para mostrarem serviço e conquistarem êxito nos cargos, agora parece mudar sua postura e se aproximar do estilo das demais equipes do futebol nacional, que colocam o resultado a curto prazo em primeiro lugar. Desde a saída de Muricy Ramalho do Tricolor, quase na metade de 2009, já foram quatro que passaram pelo cargo (Ricardo Gomes, Sérgio Baresi, Paulo César Carpegiani e Adílson Batista).

Como é de costume, o substituto de Adílson já está definido, ao menos por hora. Trata-se do sempre a postos, Milton Cruz. O auxiliar já está confirmado, no mínimo, para os dois próximos compromissos do São Paulo, quarta-feira diante do Libertad, do Paraguai, pela Copa Sul-Americana, e também para o domingo, contra o Coritiba, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Na noite dessa segunda-feira, já aconteceu uma reunião dos diretores sãopaulinos, mas nada de mais chamativo foi definido. A tendência é que Milton Cruz fique a frente do time até o final do Brasileirão, para aí sim, de definir um novo comandante.

Anúncios
Anúncios