Arquivo para dezembro \30\UTC 2010

Vai e Vém, na cidade maravilhosa…


Eis que ás vésperas de darmos as boas vindas ao ano de 2011, os cariocas resolveram se mexer e anunciar os presentes para a torcida na próxima temporada. E os que foram mais agradados foram os torcedores do atual Campeão Brasileiro. O Fluminense anunciou nessa quarta-feira os dois primeiros reforços. Trata-se do meia Souza, ex-São Paulo e que atualmente estava no Grêmio, e o goleiro ex-palmeirense Diego Cavalieri.

Contratado a pedido do técnico Muricy Ramalho, Souza já foi liberado pelo Tricolor gaúcho e deve assinar sua rescisão se passar nos exames médicos realizados no Flu. Já Diego, que até então defendia o Cesena, da Itália, conduziu pessoalmente toda a sua transferência e, apesar de ter algumas outras propostas, preferiu o clube das Laranjeiras. O arqueiro chega no Rio de Janeiro na próxima segunda-feira e, assim como Souza, deve ser apresentado oficialmente dia 4, terça, quando o resto do grupo se reapresenta para os trabalhos.

Já no Rubro-Negro, 2010 não foi dos melhores, mas 2011 promete novos ares. Se esse ano foi traumático para o Flamengo no quesito goleiro, vide o caso Bruno, nada melhor que começar a se reforçar pela meta. Para isso, a diretoria flamenguista foi buscar um goleiro bastante polêmico também. Trata-se do ex-corintiano Felipe. Com 26 anos de idade, Felipe chegou e já até se apresentou no novo clube, ao qual afirmou que sempre torceu. O contrato do atleta é de um ano e a presidente Patrícia Amorim e cia. tem total confiança no contratado, porém, nesse acordo, existe uma cláusula que prevê recisão em caso de problemas disciplinares. A contratação de Felipe teve apoio incondicional de Vanderlei Luxemburgo, treinador flamenguista que acredita no potencial do novo camisa 1 da Gávea, apesar de todas as polêmicas que o jogador já se envolveu, lembrando da sua saída conturbada de Vitória e Corinthians, entre muitos outros desentendimentos que já lhe ocorreu. Além de Felipe, o Flamengo confirmou a contratação do meia Vander, que conseguiu o acesso para a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro em 2010.

E no Vasco também teve novidades. A diretoria do clube cruzmaltino anunciou por meio de seu site oficial a contratação do volante Eduardo Costa, do Mônaco, da França. O contrato de Eduardo é de seis meses, mas pode ser extendido após esse período. Com passagens pela Seleção Brasileira, onde disputou a Copa América de 2001 e as eliminatórias de 2002, o atleta, que tem passagens por Grêmio e São Paulo, foi o nome ideal encontrado pela diretoria para dar segurança à defesa cruzmaltina. O jogador de 28 anos não vinha sendo aproveitado no clube francês, após se desentender com o seu técnico. Além dele, o clube também oficializou a contratação do atacante Misael, do Ceará. Com 23 anos, o jogador ficará emprestado até o fim de 2011, com opção de compra ao final do vínculo.

Volante Eduardo Costa, novo atleta do clube de São Januário


E no Botafogo, as compras foram um pouco menos ousadas, mas também de bastante qualidade, principalmente visando o futuro. O time da estrela solitária foi até Santa Catarina para buscar suas novas aquisições. Ambos vindo do Figueirense, chegam dois destaques da campnha do acesso do time de Florianópolis para a Série A nacional. Trata-se do lateral direito Lucas, 22 anos, e o zagueiro João Felipe, também de 22 anos. João assinou acordo por dois anos, já Lucas firmou contrato por mais tempo, cinco temporadas.

Jovem Lucas, novo reforço do Botafogo

Anúncios

Leonardo é o novo técnico da Internazionale!!!

UOL Esporte

(Foto: AP)

O técnico Leonardo foi apresentado nesta quarta-feira em La Pinetina, o centro de treinamento da Internazionale de Milão, como substituto de Rafa Benítez. O brasileiro passou boa parte de sua carreira no rival Milan, e agora vai treinar os brasileiros Julio Cesar, Maicon, Lúcio e Philippe Coutinho.

“Sou um romântico. Não estava procurando um emprego, mas sim um sonho. E este é o meu maior desafio”.

(Foto: AP)

Pelo Milan, entre 2009 e 2010, ele disputou 48 jogos, com 23 vitórias e 12 derrotas, deixando o time na terceira colocação ao final do Campeonato Italiano. No final da última temporada, ele saiu do clube alegando divergências com o presidente Silvio Berlusconi. Além das expectativas no novo clube, Leonardo também minimizou os rumores de que a Inter já está até preparando camisas com o nome de Kaká: “Eu sei que será difícil ele sair de Madri sem ter deixado o seu melhor. Ele vai voltar, vai estar à disposição do clube em um curto espaço de tempo e está ansioso para jogar e fazer bonito no Real”.

FELIZ NATAL!!!

Nessa data tão especial, esse que vos bloga quer agradecer mais uma vez por todo o apoio e acessos durante esse ano de 2010 e desejar tudo de ótimo no ano que irá se iniciar. Mas, antes disso, que possamos ter um Natal repleto de felicidades, cientes do verdadeiro significado da data festiva e que o nosso Pai só nos mande coisas boas para compartilharmos esses momentos tão especiais ao lado daqueles que mais amamos.

  • UM FELIZ NATAL A TODOS!!!!
  • Rafa Benítez não é mais técnico da Inter!!!

    Não teve título mundial que salvasse o emprego do espanhol Rafa Benítez. Nessa quinta-feira, a direção da Internazionale de Milão anunciou a demissão do treinador. Por meio de nota oficial, o clube italiano agradeceu ao técnico pelo trabalho desempenhado nos últimos meses, e explicou que a rescisão antecipada do contrato, que expirava em junho de 2012, foi realizada em comum acordo.

    Segundo o mesmo comunicado, Benítez ‘agradeceu ao clube pela “grande experiência profissional e as vitórias vividas junto com o clube”’. A frente da Inter, o comandante, que chegou para substituir nada mais, nada menos que o ídolo e um dos melhores treinadores do mundo José Mourinho, que optou por treinar o Real Madrid, conquistou os títulos da Supercopa da Itália e o Mundial de Clubes, a poucos dias, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Mesmo assim, sempre foi constantemente criticado por torcida e imprensa italianas, até por não apresentar os resultados obtidos na gestão de Mourinho. Atualmente, os campeões mundiais estão em sétimo no Campeonato Italiano, 13 pontos atrás do Milan, líder da competição, e se classificaram em segundo no Grupo A da Liga dos Campeões da Europa, atrás dos ingleses do Tottenham.

    Para o lugar de Rafa, nomes já começam a ser cogitados. E um dos mais fortes é o do brasileiro Leonardo. O ex-lateral esquerdo e meia da Seleção treinou apenas uma equipe em sua curta carreira como técnico. E foi justamente uma de suas equipes quando jogador, a que mais se identificou, e justamente o maior rival da Inter, o Milan, o qual comandou durante a temporada 2009/2010.

    E não é que ficamos em segundo?

    eBand.com.br

    A seleção feminina de futebol do Canadá conquistou o título do Torneio Internacional Cidade de São Paulo ao empatar com o Brasil por 2 a 2, neste domingo, no estádio do Pacaembu. As duas equipes terminaram a competição de forma invicta, com oito pontos, mas as canadenses levaram a vantagem pelo saldo de gols. O Brasil tentava o bicampeonato, já que no ano passado venceu o México na final.

    No primeiro tempo, o Brasil teve as melhores chances, mas não conseguiu transformar em gols, como aos 2 minutos. Marta lançou Gabriele, mas bateu travada. Depois a defesa tirou por duas vezes, numa jogada da camisa 10 e na outra com Formiga. O Canadá jogou com meio-campo adiantado, partindo para cima da seleção brasileira. E foi assim que assustou, aos 15 minutos, com Sinclair, da pequena área, que chutou para fora. Mas aos 42 minutos, o Canadá chegou ao gol. Em cruzamento pelo lado esquerdo, a bola passou por Érica e encontrou a cabeça de Belanger: 1 a 0.

    No segundo tempo, o Brasil voltou diferente. Érica e Thais Guedes sentiram contusões e deixaram o campo para as entradas de Andreia Rosa e Daniele, respectivamente. As brasileiras voltaram ainda abatidas, e as canadenses ainda voltaram melhores. Mas aos nove, Marta recebeu em contra ataque, fez uma grande jogada, com direito a ‘drible da vaca’ e avançou até chegar ao gol: 1 a 1.

    Aos 26, as brasileiras chegaram ao gol da virada. Daniele chutou e a zagueira Eve Naut esticou o braço. Pênalti marcado, a canadense foi expulsa por ter recebido o segundo cartão amarelo e a penalidade foi convertida por Marta: 2 a 1.

    O gol animou time e torcida brasileiras no Pacaembu. Mais de 17 mil torcedores passaram a ter certeza em mais um título. Porém, esse sonho se desfez aos 37 minutos. Sinclair avançou pelo lado direito de ataque e conseguiu acertar um chute inacreditável, no ângulo da goleira Andreia. Jogo mais uma vez empatado e título para o Canadá, já que as visitantes fizeram melhor campanha nos três jogos iniciais e jogavam pelo emptae na decisão. Brasil 2 x 2 Canadá.

    No jogo preliminar, a Holanda bateu o México pelo placar de 2 a 1 e conquistou o terceiro lugar no Torneio Cidade de São Paulo 2010.

    Inter (italiana) campeã do mundo!!!

    Alexandre Alliatti
    GLOBOESPORTE.COM


    Inter campeão. Quando é que algum colorado poderia imaginar que a combinação dessas duas palavras machucaria tanto? É que o Inter campeão não veste vermelho, não é brasileiro, não levou uma multidão de fãs a Abu Dhabi. O Inter campeão mundial é azul e preto, fala italiano, teve torcida bem mais discreta em terras árabes. O Internazionale fez aquilo que seu xará gaúcho não conseguiu: bateu o Mazembe, da República Democrática do Congo, neste sábado, no Zayed Sports City, e alcançou o topo do planeta.

    Os africanos tinham a simpatia de muita gente: dos árabes, da Fifa e até dos colorados, eliminados por eles, mas que ficaram no estádio para apoiar os algozes. Foram 17 minutos de alguma esperança para os africanos. E só. Não demorou para a zebra congolesa ser domada pelo Internazionale – mais técnico, mais tático, mais experiente. A empolgação do Mazembe foi suprimida pelo talento de figuras como Cambiasso, Maicon, Diego Milito e Samuel Eto’o. E os italianos alcançaram aquilo que mais faltou aos colorados nas semifinais: a capacidade de fazer o gol. Após dez minutos de equilíbrio, prevaleceu a bola no pé da equipe milanesa. Eto’o, pela direita, descolou passe para Pandev, que dominou, mirou o gol defendido pelo goleiro Kidiaba e mandou o chute. A bola morreu no canto do excêntrico guarda-redes do Mazembe. Estava trilhado o caminho da vitória.

    Os africanos mal puderam assimilar o golpe. Cinco minutos depois do primeiro gol, saiu o segundo. O Internazionale tramou jogada pelo lado direito de ataque, e a bola sobrou nos pés de Samuel Eto’o. O camaronês teve conclusão milimétrica, precisa, novamente fora do alcance de Kidiaba. O placar de 2 a 0 escancarava quem seria campeão mundial de futebol.
    O jogo ganhou pinta de goleada. O Mazembe ficou no meio-termo entre a necessidade de atacar e o temor de ser goleado. Quando conseguiu avançar, a equipe africana esbarrou na solidez defensiva do Inter de Milão.

    A vantagem no placar fez com que o Inter de Milão jogasse com todo o conforto no segundo tempo. O Mazembe até voltou com boa posse de bola, tramando jogadas, triangulando, criando. Mas não conseguia ameaçar o suficiente para tirar a estabilidade do adversário. A defesa interista parecia uma fortaleza inabalável. Os italianos correram pouco risco. A decisão terminou com o terceiro gol europeu, marcado por Biabiany, aos 40 minutos da etapa final, após passe de Stankovic. Mazembe 0 x 3 Internazionale.

    É o primeiro título mundial do Internazionale no novo formato do torneio, com equipes de todos os continentes. Antes, o clube milanês havia vencido duas edições (1964 e 1965) na antiga fórmula, com duelo direto entre os campeões da Europa e da América do Sul. Ao Mazembe, resta a ressalva de ter sido o primeiro time africano a alcançar a final em um torneio organizado pela Fifa.

    Antes da decisão, o Inter brasileiro encarou o Seongnam, da Coréia do Sul, na disputa do terceiro lugar. Dos males, o menor: o Inter goleou por 4 a 2 neste sábado, em Abu Dhabi, e ficou com a terceira posição no Mundial de Clubes da Fifa. Os dois primeiros gols saíram ainda no primeiro tempo, com Tinga e Alecsandro. D’Alessandro e Alecsandro ampliaram na etapa final. Fecharam, com goleada, a conta vermelha no jogo, no Mundial e na temporada. A partida ainda marcou a despedida do goleiro argentino Pato Abbondanzieri, que substituiu o titular Renan durante os minutos finais do jogo e já havia anunciado a aposentadoria após o torneio.

    Eliminado na Fazenda, contratado na Rua Javari…

    Dos holofotes da TV Record e as atividades e conflitos com os demais participantes e os animais do programa ‘A Fazenda’ para o retorno aos gramados profissionais do país. Ao menos de São Paulo. É isso mesmo. Às vésperas de completar 42 anos (no próximo dia 1o.), Viola acaba de ser contratado pelo Juventus, da Moóca. O veterano atacante vai se juntar ao elenco que irá disputar o Campeonato Paulista da Série A3, a terceira divisão paulista. Eliminado recentemente do reality show televisivo, Viola não atua profissionalmente desde o primeiro semestre de 2010, quanto defendeu o Brusque, no Campeonato Catarinense. Em sua segunda passagem pelo tradicional clube paulista, já que atuou pelo time da Rua Javari em 2006, o ex-jogador de Corinthians, Palmeiras, Santos, Seleção Brasileira, entre muitos outros, irá ter como companheiro de equipe outra figura folclórica do futebol nacional. Trata-se de Gilmar Fubá. Igualmente sem atuar desde o primeiro semestre desse ano, quando defendeu o Noroeste na Série A2 do Paulistão, está com 35 anos e chega com o aval do diretor técnico, o também ex-corintiano Paulo Sérgio, que foi treinador do volante na equipe do Red Bull, também de São Paulo.

    Anúncios