Palmeiras aceso pela Liberta…

Julyana Travaglia
GLOBOESPORTE.COM

O Palmeiras não encontrou dificuldades para passar pelo Universitario de Sucre e avançar às quartas de final da Copa Sul-Americana. Na partida que começou na noite de quarta-feira e avançou até mais de 30 minutos da quinta, nem mesmo um apagão, que durou 32 minutos, esfriou o time paulista – um gerador do estádio queimou, ocasionando a paralisação da partida para que as luzes fossem acesas novamente.

Reforçado por Valdivia, atleta que até um dia antes do jogo estava descartado por sentir dores na parte posterior da coxa esquerda, o Palmeiras não teve problemas para ampliar a sua vantagem sobre os bolivianos. Logo aos 11 minutos, o time de Luiz Felipe Scolari abriu o placar. Em cruzamento preciso de Gabriel Silva, Kleber, sem marcação, fez 1 a 0 para começar a aquecer as arquibancadas geladas da Arena Barueri.

Sem encontrar muita resistência do sistema defensivo do Universitario de Sucre, logo o Alviverde aumentou a conta. Novamente com cruzamento de Gabriel Silva, Luan completou contra a meta de Lampe, que nada pôde fazer, aos 27. O segundo gol da noite fazia com que o trabalho do Sucre ficasse ainda mais complicado. Já eram três gols de diferença para que a equipe boliviana conseguisse reverter a vantagem do Alviverde.

Com apenas um minuto do segundo tempo, a partida precisou ser paralisada na Arena Barueri. Um dos geradores do estádio queimou, fazendo com que parte da iluminação apagasse. Durante os 32 minutos em que o jogo ficou parado, houve de tudo. Tanto os jogadores do Universitario de Sucre quanto do Palmeiras vestiram os agasalhos, fizeram roda de bobinho e um aquecimento. Sem ter o que fazer, Felipão passou a ser alvo da comissão do time boliviano, que, sem cerimônia, se dirigiu ao brasileiro para tirar fotos e tietar.

(Foto: AFP)


Depois de mais de meia hora de paralisação, o Palmeiras voltou com o mesmo apetite. Mas, o Universitario de Sucre, que pouco chegava ao gol de Deola, resolveu movimentar o marcador depois de um breve apagão do sistema defensivo palmeirense. Aos 16, após cruzamento da esquerda, Cirillo, que havia acabado de entrar, subiu mais alto que a zaga alviverde e fez 2 a 1. Mas não demorou para o Palmeiras retomar o rumo das coisas em Barueri. Em cobrança de falta de Assunção, Danilo fez o terceiro gol palmeirense, aos 24. Foi o quarto gol de cabeça da partida. E o gol que consolidou o Palestra aceso e favorito na briga pelo campeonato sulamericano e pela vaga direta na Libertadores. Palmeiras 3 x 1 Universitario Sucre(BOL).

Quem enfrenta o Palmeiras na fase seguinte da Copa Sulamericana e o Atletico/MG. O time de Minas foi `a Colombia e, em jogo igualmente sem muita emocao, perdeu para o Independiente Sante Fe por 1 a 0, mas mesmo assim conseguiu sua vaga, uma vez que havia batido o rival colombiano na partida de ida, por 2 a 0. Quem sofreu para tambem garantir a vaga foi o Goias. O time do treinador Jorginho saiu na frente, sofreu a virada, empatou de novo e levou mais um gol. Se segurou ate o final de jogo e, tambem saiu derrotado mas conseguiu a classificacao. 3 a 2 para o Penarol, no Uruguai e agora o time verde da parte central do Brasil espera o classificado entre Avai e Emelec, do Equador.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: