Arquivo para 14 de outubro de 2010

Sai de Baixo!

É melhor saírem de baixo, pois o Corinthians não pára de cair. Numa das piores fases nos últimos anos, o time da capital paulista apresentou claramente a crise que atravessa, ao ser totalmente dominado pelo Vasco, que está longe da disputa, mas que jogou com domínio, como se estivesse na ponta da tabela, em jogo válido ainda pela décima oitava rodada do Brasileirão.

Desde o primeiro momento, o time da casa já mostrou que não facilitaria as coisas para a equipe comandada pelo interino desconhecido Fábio Carille. Preocupado com a fase difícil e em não perder, o Timão se encolheu com a pressão e chamou o Vasco cada vez mais para cima. Logo aos dez minutos, tudo o que não poderia acontecer para os visitantes. O lateral Carlinhos cruzou da esquerda, a bola passou por toda a defesa e encontrou Zé Roberto, por pouco em posição de impedimento, mas completamente livre, para bater de primeira e abrir o marcador.

A única chance clara da equipe de Parque São Jorge aconteceu aos 18 minutos. Mais um daqueles lances incríveis, que nos dá a impressão que um jogador profissional, de time grande jamais desperdiçaria. Roberto Carlos achou Danilo dentro da área. O camisa 11 dominou e o atacante Iarley apareceu na frente do zagueiro, o goleiro estava batido, era só empurrar para as redes, mas o corintiano conseguiu fazer o mais difícil, jogar para fora. Muitas falhas, de passes, posicionamento e marcação, fizeram com que os anfitriões se aproveitassem para dobrar a vantagem. Felipe, em noite inspirada, fez ótima enfiada de bola para a esquerda, Éder Luís contou com a falha de Alessandro, passou nas costas do lateral adversário e tocou na saída de Julio Cesar. Golaço!

Após o segundo gol, o time do Vasco tirou o pé do acelerador. Mas e o Corinthians? Ah, o Corinthians errou passes, perdeu bolas e não teve chance alguma de reação. E quando a fase é ruim, Chicão, exímio cobrador de falta, acertou o companheiro William em vez do gol. O Timão ainda teve uma baixa. Aos 29, Alessandro, machucado, deu lugar a Boquita. No retorno para a segunda etapa, as duas equipes estavam com as mesmas formações. E as mesmas posturas. O Vasco tentando o terceiro gol, e o Corinthians ainda tentando se achar em campo, mas sem encontrar forças para reagir. A fase do Timão pode ser representada pela atuação de Souza. Numa de suas várias tentativas frustradas, o atacante recebeu passe de Roberto Carlos na esquerda da grande área e, na tentativa de deixar a bola passar para pegar mais adiante, escorregou. A torcida do Vasco, então, não perdeu tempo e deu risada da cena pastelão protagonizada pelo jogador que já defendeu a camisa cruzmaltina. Logo em seguida, vaias. Souza deixou o campo para entrada do argentino Matías Defederico. Na saída, reprovado por corintianos e vascaínos, o atacante fez gestos obscenos para os cariocas.

Mesmo com o Vasco mais lento, cadenciando o jogo, a equipe pouco fazia para reagir.O Vasco, então, resolveu não correr riscos. Administrou sua vantagem, tocou a bola de um lado para o outro, deixou o adversário ainda mais nervoso e investiu nas bolas paradas. Mas não conseguiu ampliar o marcador. Ampliou, sim, a crise no Corinthians e sua autoestima. Vasco 2 x 0 Corinthians. No outro jogo adiando, mas esse pela décima terceira rodada do campeonato, o Santos mostrou mais uma vez que segue na briga pelo título e pela tríplice coroa em 2010. Com boa atuação de Neymar, autor do único gol da noite, o Peixe bateu o Inter, na Vila Belmiro, e encostou nos líderes, ficando apenas um ponto atrás do Corinthians, terceiro colocado.

1 Cruzeiro 54
2 Fluminense 52
3 Corinthians 49
4 Santos 48
5 Inter 47
6 Botafogo 44
7 Atlético/PR 43
8 Palmeiras 43
9 Grêmio 43
10 São Paulo 41
11 Vasco 41
12 Ceará 38
13 Guarani 34
14 Flamengo 34
15 Vitória 31
16 Avaí 30
17 Atlético/GO 29
18 Atlético/MG 28
19 Goiás 28
20 Prudente 21