Timão põe os meninos da Vila de castigo…

O clima, por mais que não se quisesse assumir, era de vingança. Principalmente depois do último confronto entre as duas equipes, pelo Campeonato Paulista, quando a meninada santista não deu chances para Ronaldo, Roberto Carlos e cia. Porém, dessa vez, mesmo sem Ronaldo, os corintianos mostraram que também têm seus garotos de ouro, se aproveitaram da fase turbulenta que os meninos da Vila atravessam, com problemas disciplinares e tudo mais, e convenceram no Pacaembu.

Sem contar com o Fenômeno, que só volta a atuar depois da Copa do Mundo provavelmente, Mano Menezes surpreendeu, não apenas o substituiu por Souza, como vinha fazendo. Mandou a campo sim, o garoto Bruno César, que estreou muito bem, mesmo jogando poucos minutos diante do Prudente no meio da semana.Sendo assim, o Corinthians ficou com o quarteto Bruno, Danilo, Jorge Henrique e Dentinho com a missão de incomodar o Santos desde a saída de bola. E a missão foi executada com muito êxito. O time de Mano Menezes marcou muito bem, como há tempos não se via. E saiu muito bem ao ataque. Tanto que logo no primeiro minuto de jogo, o time da casa saiu em velocidade a abriu o placar. Bruno César dominou na intermediária, avançou, achou espaço e bateu forte da fora da área. O goleiro santista Felipe espalmou para o lado, mas Jorge Henrique apareceu para mandar a bola por baixo do arqueiro e mostrar que a história do jogo seria outra. Na comemoração, a dancinha, em referência as comemorações de gols santistas. O tema foi o “Ah moleque!!”, do personagem Charles Henriquepédia, do programa Pânico, da Rede Tv. 1 a 0 Corinthians.

O Peixe não esperava, sentiu um pouco, mas tentava pressionar os adversários. Porém, Ganso e Neymar estavam muito bem marcados, e não encontravam muitas opções. Mesmo assim, como é de costume do time de Mano, os anfitriões, com a vantagem, passaram a se concentrar na defesa, esperando o Santos vir para sair em contra-ataque. Aos 27, um lance decisivo na partida. Os visitantes pressionavam, Neymar avançou pelo meio, dividiu com a zaga e tocou de calcanhar para Marquinhos, que chutou para Felipe (o goleiro corintiano) fazer grande defesa. Mas ele soltou. Chicão foi afastar com um bico na bola, mas ela bateu em Jorge Henrique e sobrou para o mesmo Marquinhos dominar e mandar no canto. Seria o empate. Seria. O árbitro Sálvio Spínola Fagundes Filho, de maneira incorreta, anulou o gol, assinalando impedimento. O tempo foi passando, os corintianos foram cansando, a marcaçao ia diminuindo e a pressão do time da Baixada ia se intensificando. Aos 38, André foi lançado na frente em velocidade, antes dele apareceu o corintiano Felipe para cortar, mas a bola sobrou para Neymar que driblou o camisa 1 adversário e bateu por cobertura. Chicão, pouco a frente da linha de gol, salvou de cabeça.

No segundo tempo, o Timão tentou impor o mesmo ritmo do início do jogo, que assustou a molecada santista. Entretanto, a defesa deu bobeira e foi o Santos que empatou no começo. Aos 7, Marquinhos fez ótima enfiada de bola entre os zagueiros corintianos e achou André que saiu livre e bateu de maneira calculada, no cantinho, fora do alcance de Felipe. 1 a 1.

Só que aí, o Corinthians respondeu de maneira imediata e fatal. Coisa que os comandados de Dorival Júnior jamais imaginariam. Um minutos depois, Jucilei, que foi improvisado na lateral, como titular, foi a frente e levantou na área, Edu Dracena tentou afastar, mas a bola sobrou para o menino do Parque São Jorge (que acabou de chegar do ABC paulista), Bruno César. Dominou e bateu forte. Sem chances de defesa para Felipe.

Outra vez atrás no placar, Dorival Júnior apostou na entrada de Madson no lugar de Neymar, que deixou o campo insatisfeito com a substituição que, convenhamos, não deu certo. Para piorar, aos 21, Ralf recebeu na entrada da área, ameaçou encher o pé, limpou dois marcadores, invadiu a área e bateu com extrema tranquilidade, no canto direito do goleiro. Com direito a pescaria na comemoração. 3 a 1.

E ainda veio mais. Júnior ainda sacou o zagueiro Edu Dracena para mandar a campo o atacante Zezinho. Totalmente perdido devido ao terceiro gol sofrido, o time foi a frente desorganizadamente e se descuidou ainda mais lá atrás. Aos 39, em contra-ataque rápido, Roberto Carlos engatou a quinta marcha pela esquerda e levantou na medida para o volante Paulinho, que também havia acabado de entrar. Paulinho cabeceou bonito e anotou o quarto, para delírio da Fiel. Dá-lhe pescaria do Peixe. Aos 42, após levantamento em cobrança de falta, o atacante Marcel desviou de cabeça para diminuir. E dar números finais. Corinthians 4 x 2 Santos.

A equipe dirigida por Mano Menezes, com 13 pontos, aproveita o período pré-Copa do Mundo para acumular gordura na briga pelo título. Na próxima rodada, enfrenta um outro candidato ao título, o Internacional, quinta-feira, às 21h, novamente no Pacaembu. Já o Santos, com a derrota, caiu para a oitava colocação. Na quarta-feira, visita o Cruzeiro, às 21h50m, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Os outros grandes da capital não marcaram gols no final de semana. O Palmeiras não saiu do 0 a 0 diante do Grêmio Prudente e o São Paulo também ficou no empate em gols, em Campinas, diante do Guarani. Nos demais jogos, o Internacional, sem técnico, após a queda de Jorge Fossati, goleou o Atlético/PR, no Beira-Rio. 4 a 1. E no duelo Luxemburgo X Muricy no Mineirão, quem levou a melhor foi o treinador do Flu. 3 a 1 Fluminense, fora de casa e de virada.

Rodada 5
Sábado, 29/05/2010
| Ressacada
Avaí 0 x 0 Vitória
| Maracanã
Flamengo 1 x 1 Grêmio
| Arena Barueri
Palmeiras 0 x 0 Grêmio Prudente
Domingo, 30/05/2010
| Beira Rio
Internacional 4 x 1 Atlético-PR
| Brinco de Ouro da Princesa
Guarani 0 x 0 São Paulo
| Pacaembu
Corinthians 4 x 2 Santos
| Mineirão
Atlético-MG 1 x 3 Fluminense
| Engenhão
Botafogo 1 x 1 Vasco
| Castelão
Ceará 1 x 0 Cruzeiro
| Serra Dourada
Atlético-GO 1 x 3 Goiás

1 Corinthians 13
2 Ceará 11
3 Fluminense 9
4 Avaí 8
5 Botafogo 8
6 São Paulo 8
7 Palmeiras 8
8 Santos 8
9 Cruzeiro 8
10 Internacional 6
11 Atlético-MG 6
12 Flamengo 6
13 Guarani 6
14 Grêmio 5
15 Vitória 5
16 Vasco 5
17 Prudente 5
18 Goiás 4
19 Atlético-PR 4
20 Atlético-GO 1

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: