Caiu como uma luva… e resolveu…

O futebol não foi a altura de um grande clássico como São Paulo e Palmeiras. Também, as circunstâncias ajudaram. Frio, chuva, clima pouco inspirador para os jogadores. Mas como era de se esperar, até pelas fases que atravessam São Paulo e Palmeiras, foi o Tricolor que tomava a iniciativa desde o início, pressionando o adversário com os avanços de Cicinho pela direita, Marlos pela esquerda e a velocidade de Dagoberto e a técnica de um atacante, que andava encostado e esquecido no Goiás, e acabou se encaixando perfeitamente no ataque tricolor, fazendo com que até os companheiros joguem melhor, como disse o próprio Ricardo Gomes. Fernandão.


O Palmeiras, comandado por Jorge Parraga, enfrentava muita dificuldade não só pela limitação do seu elenco, como também pela qualidade dos donos da casa, que não permitiam que o time verde passasse do meio-campo ao ataque. Para piorar ainda mais a situação, aos 33 minutos, Cleiton Xavier sentiu uma lesão no joelho direito e teve que deixar a partida. Parraga lançou o volante Souza em seu lugar, liberando o garoto Vinícius mais ao ataque. Também por contusão, Ricardo Gomes teve que mexer na sua equipe. Marlos, com uma lesão na coxa, teve que ser substituído. Porém, RG foi mais ousado, sentiu que poderia ir pra cima dos visitantes e mandou pro jogo Fernandinho.

No segundo tempo, com três atacantes, o São Paulo continuou melhor e pressionando o Verdão. E a pressão deu resultado aos 9 minutos. E foi através de boa jogada  justamente de Fernandinho. O camisa 12 recebeu pela esquerda, dividiu com Maurício Ramos, levou a melhor no jogo de corpo, foi ao fundo e cruzou rasteiro para Fernandão que, de carrinho, empurrou para o fundo das redes. Foi o segundo gol do camisa 15 com a camisa tricolor.

Após a metade da etapa final, o Palmeiras foi muito mais na base da raça do que na técnica e encurralou os anfitriões. Porém, a eficiência não vêm sendo o forte alviverde, o jogo voltou a perder qualidade. Os donos da casa só passaram a se preocupar apenas em despachar a bola para frente para afastar o perigo e os palmeirenses não conseguiam iferecer perigo ao gol de Rogério Ceni. Porém, aos 42, o árbitro Marcelo Aparecido de Souza marcou pênalti de Cicinho em Ivo. Um tanto quanto traumatizado quanto a cobranças de pênaltis, que não tem sido o forte da equipe, viu o filme se repetir mais uma vez. Ewerthon até que bateu bem, à meia altura no canto, mas Rogério Ceni foi melhor ainda e foi buscar, espalmando a cobrança do atacante. A partir daí, foram só alguns minutos para se administrar a vantagem e garantir os três pontos. São Paulo 1 x 0 Palmeiras.  

Com o resultado, o Tricolor foi aos sete pontos, em sexto na tabela de classificação, mesmo número do rival do Palestra Itália, que fica em sétimo pela derrota no confronto direto. Na rodada do final de semana, o time do Morumbi vai até Campinas encarar o Guarani, no Brinco de Ouro. Já o Palmeiras, recebe o Prudente, no sábado, na capital paulista.

Nos outros jogos da quarta rodada, o Atlético Mineiro fez um grande jogo diante do Vitória, na Bahia, mas não obteve êxito. No final, 4 a 3 para os donos da casa. No clássico carioca, o Fluminense se aproveitou da fase ruim dos adversários, que já não contam mais com o Imperador Adriano, que está  acertando seu retorno para o futebol europeu, para a Roma, da Itália. Com grande desempenho de Conca, com direito a um gol dele e outro de Rodriguinho, ex- Santo André. 2 para o Flu, 1 para o Fla, gol do goleiro Bruno. E o Corinthians perdeu os 100% de aproveitamento em Presidente Prudente. Mais uma vez o Grêmio Prudente foi a pedra no sapato corintiano. Depois de estar perdendo duas vezes, o Timão conseguiu o empate, com gol contra, mas que foi marcado pela arbitragem para o estreante Bruno César. Mesmo com o empate, o time paulista permanece na ponta do Campeonato Brasileiro.

Rodada 4
Quarta-Feira, 26/05/2010
| Barradão
Vitória 4 x 3 Atlético-MG
| Maracanã
Fluminense 2 x 1 Flamengo
| Olímpico
Grêmio 3 x 0 Avaí
| Morumbi
São Paulo 1 x 0 Palmeiras
| Prudentão
Grêmio Prudente 2 x 2 Corinthians
| Mineirão
Cruzeiro 1 x 0 Botafogo
| Vila Belmiro
Santos 3 x 1 Guarani

Quinta-Feira, 27/05/2010
21h | São Januário
Vasco x Internacional
21h | Serra Dourada
Goiás x Ceará
21h | Arena da Baixada
Atlético-PR x Atlético-GO

1 Corinthians 10                
2 Santos 8                
3 Cruzeiro 8                
4 Avaí 7                
5 Botafogo 7                
6 São Paulo 7                
7 Palmeiras 7                
8 Ceará 7                
9 Fluminense 6                
10 Atlético-MG 6                
11 Flamengo 5                
12 Guarani 5                
13 Grêmio 4                
14 Vitória 4                
15 Prudente 4                
16 Internacional 3                
17 Atlético-GO 1                
18 Atlético-PR 1                
19 Vasco 1                
20 Goiás 0  
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: