Arquivo para 10 de maio de 2010

Diego Souza mudaria de parque???

Carlos Padeiro
Uol Esportes


O Palmeiras já anunciou oficialmente que Diego Souza está fora do clube. A dúvida é onde o meio-campista jogará agora, e nos bastidores surgiu a notícia de que o Corinthians estaria de olho no atleta. O fato de Diego Souza ser agenciado pelo mesmo empresário de Mano Menezes poderia facilitar uma negociação com a Traffic, parceira palmeirense e detentora dos direitos econômicos do jogador.
Mano elogiou Diego, porém avisou que não existe nada de concreto no assunto.

O Diego Souza foi o melhor jogador do Brasileiro passado. Todos grandes jogadores a gente respeita, mas não gosto de falar em termos de especulação. Não existe nada de objetivo nisso. Ele trabalhou comigo no Grêmio, onde fez uma grande temporada [em 2007], mas pertence a outro clube”.

Outros clubes do país que estariam interessados no palmeirense são o Internacional, o Fluminense e o Cruzeiro. O Sporting, de Portugal, também pode ser o destino do meia.

Pontapé inicial para o Brasileirão 2010!!!


Foi dada a largada para o principal campeonato nacional das Américas. Nesse final de semana teve início o Campeonato Brasileiro 2010. Depois dos Estaduais e do foco diminuir na Copa do Brasil e Libertadores se aproximando do final, o Brasileirão entra em cena prometendo muita emoção e muita briga pelo título de melhor equipe do país e pelas vagas na tão desejada Taça Libertadores da América de 2011. E começou com tudo. Jogos equilibrados, emocionante e, o mais importante, cheios de gols.
E o destaque maior dessa primeira rodada ficou com o Corinthians. Depois da traumática eliminação da Libertadores na última quarta-feira, em pleno Pacaembu, diante do Flamengo, o Timão estreou no Brasileiro no mesmo Pacaembu, recebendo o Atlético/PR. A torcida, mesmo que um pouco desapontada, foi em bom número assistir a estréia do time no campeonato. E apoiou na maior parte da partida. Não em toda partida. Principalmente no final do primeiro tempo, quando a equipe paulista, que foi com força máxima e era melhor durante todo o primeiro tempo, mas não conseguia concluir a superioridade em gols, como de costume, levou um baita susto. Aos 46 minutos, embora os ataques atleticanos fossem raros, Wagner Diniz fez cruzamento em cobrança de falta, a zaga parou, a bola passou por todo mundo e foi morrer no fundo das redes de Felipe que ficou sem saber o que fazer. 1 a 0 Atlético.

Os comandados de um contestado Mano Menezes (o treinador foi constantemente chamado de medroso e ouvia também que o Brasileiro é obrigação) voltaram para a etapa final como começaram o jogo, partindo para cima, mas agora com um homem a mais – Paulo Baier foi expulso poucos momentos antes do gol dos visitantes. Para lançar o time a frente, Mano fez o que não fez no duelo decisivo contra o Flamengo, precisando fazer gols, mandou a campo o atacante Souza, no lugar do lateral Alessandro. E a mudança fez efeito. Depois de algumas tentativas, os donos da casa empataram aos 13 minutos. Roberto Carlos avançou pela esquerda e rolou no meio para Ronaldo. O camisa 9 fez belo corta-luz e deixou a bola para Souza. Na entrada da área, ele dominou, girou e bateu colocado, sem chance para o goleiro Neto: 1 a 1.

Os paranaenses até tentaram sair mais para o jogo para não serem muito pressionados pelo Timão, só que mais uma expulsão atrapalharia os planos dos comandados pelo técnico Leandro Niehues. Aos 24, depois de lindo lançamento de Chicão, Dentinho driblou o goleiro Neto e foi derrubado fora da área. O árbitro o expulsou diretamente por considerar que o atacante corintiano faria o gol. Começou então o bombardeio do Timão contra o Atlético-PR. Roberto Carlos, Souza, Ronaldo, Jucilei, Iarley, Elias, Jorge Henrique, Dentinho. Todos tentavam de alguma maneira anotar o gol que seria da vitória corintiana. E ele saiu aos 37. Souza subiu e caiu dentro da área. O juiz Marcelo de Lima Henrique deu pênalti de Alan Bahia por empurrão no corintiano. As reclamações do rubro-negro paranaense não surtiram efeito. Ronaldo bateu, marcou e deu a vitória ao Corinthians, para alívio da Fiel, dos próprios jogadores e, principalmente, de Mano Menezes. Corinthians 2 x 1 Atlético/PR.

Nos outros jogos da rodada, quem chamou a maior atenção foi o Avaí. Os catarinenses receberam o Grêmio Prudente, quarto colocado no Paulistão. E os paulistas nem viram a cor da bola. 6 a 1, com três gols do zagueiro Émerson. E início de Brasileirão mais do que com o pé direito para o time do técnico Péricles Chamusca. Os atuais campeões brasileiros do Flamengo, ainda de ressaca pela classificação na Libertadores, empataram com um também classificado na competição sulamericana, São Paulo. Ambos com times mistos. 1 a 1. O Palmeiras fez três pontos mas não convenceu muito seus torcedores no Palestra Itália. Com um gol de Lincoln, nos últimos momentos, vitória pela contagem mínima diante do Vitória. E, de volta a Série A depois de 6 anos amargando as Séries B e C, o Guarani voltou para a Primeira Divisão conquistando vitória. Com gol de Mazola, ex-São Paulo e Paulista, o Bugre bateu o Goiás, do estreante Émerson Leão, somou os três pontos e deixou eufóricos os torcedores campineiros.

Rodada 1
Sábado, 08/05/2010
| Engenhão
Botafogo 3 x 3 Santos
| Serra Dourada
Atlético-GO 0 x 0 Grêmio
| Palestra Itália
Palmeiras 1 x 0 Vitória

Domingo, 09/05/2010
| Maracanã
Flamengo 1 x 1 São Paulo
| Pacaembu
Corinthians 2 x 1 Atlético-PR
| Mineirão
Atlético-MG 2 x 1 Vasco
| Beira Rio
Internacional 1 x 2 Cruzeiro
| Castelão
Ceará 1 x 0 Fluminense
| Ressacada
Avaí 6 x 1 Grêmio Prudente
l Brinco de Ouro da Princesa
Guarani 1 x 0 Goiás

1 Avaí 3
2 Atlético-MG 3
2 Corinthians 3
2 Cruzeiro 3
5 Ceará 3
5 Guarani 3
5 Palmeiras 3
8 Santos 1
9 Botafogo 1
10 São Paulo 1
11 Flamengo 1
12 Atlético-GO 1
12 Grêmio 1
14 Atlético-PR 0
14 Internacional 0
14 Vasco 0
17 Fluminense 0
17 Goiás 0
17 Vitória 0
20 Prudente 0