Arquivo para 22 de fevereiro de 2010

Timão anuncia lista…

No final da tarde dessa segunda-feira, dois dias antes da estréia do Corinthians na tão esperada Taça Libertadores da América, no ano de seu centenário, o clube de Parque São Jorge anunciou a lista dos 25 jogadores inscritos na competição internacional.

1– Felipe
2– Alessandro
3– Chicão
4– William
5– Ralf
6– Roberto Carlos
7– Elias
8– Tcheco
9– Ronaldo
10– Danilo
11– Iarley
12– Rafael Santos
13– Paulo André
14– Leandro Castán
15– Marcelo Mattos
16– Dodô
17– Dentinho
18– Jucilei
19– Souza
20– Defederico
21– Morais
22– Júlio César
23– Jorge Henrique
24– Moacir
25– Edu

As ausências no grupo que disputará a Libertadores foram dos dois laterais estrangeiros, Balbuena e Escudero, ambos bastante contestados por torcida e imprensa, e os meias Boquita, freqüentemente utilizado entre os titulares desde o ano passado e Edno, que vem sendo pouco aproveitado e deve se transferir para o Botafogo.

Botafogo campeão do primeiro turno carioca…

Eduardo Peixoto – RJ
Globoesporte.com


Foi 2 a 0, mas foi um placar que valeu por seis. Afinal, os jogadores do Botafogo avisaram que precisariam apenas de “meio a zero” para vingar a goleada de 6 a 0 sofrida na primeira fase para o Vasco. Porém, na noite deste domingo, no Maracanã, o Alvinegro fez mais. Com gols do zagueiro Fábio Ferreira e do atacante Loco Abreu, de pênalti, o time conquistou o bicampeonato da Taça Guanabara.

O resultado garante a presença na final do Estadual pelo quinto ano seguido e comprova a regularidade do Alvinegro na competição. Peça preponderante na reação da equipe, o técnico Joel Santana também tem o que celebrar. Ele manteve a invencibilidade em decisões de turno no Rio. Agora, são 11 títulos.

Novo velho Verdão… mas esse deu certo…


Vão dizer que a culpa era de Muricy Ramalho. E realmente é o que se imagina, uma vez que um time que vinha em profunda crise, de mal a pior no Campeonato Paulista, vence com maestria o clássico diante do maior rival. E os méritos vão para ele, Antonio Carlos Zago.
Com o mesmo elenco limitado que tinha Muricy, Antonio Carlos conseguiu alterar jogadores e esquema de jogo da equipe, surpreendendo os comandados de Ricardo Gomes. Já na escalação foi possível perceber as mudanças realizadas pelo ex-treinador do São Caetano, com o lateral Eduardo, ex-Guarani, como titular na esquerda e o atacante Lenny, que vinha sendo preterido por Muricy Ramalho. Mas quem acabou resolvendo o jogo foi alguém que, apesar de vir jogando, ia sendo muito criticado por torcida e imprensa. Robert.
Antes do camisa 20 aparecer, quem acabou decidindo os rumos da partida foi o árbitro Rodrigo Martins Cintra. 6 minutos do segundo tempo. Até então o único cartão amarelo do jogo havia sido mostrado para o zagueiro sãopaulino Xandão. Pois o mesmo zagueiro aparece no mano a mano com o lateral Eduardo, puxa levemente a camisa do palmeirense que desaba. Recebe o segundo amarelo e o vermelho. A partir daí, o Verdão dominou. Dois minutos depois, Cleiton Xavier levantou na cabeça de Robert que cabeceou no canto de Rogério.

A pressão continuou e o segundo gol saiu aos 24. Depois de cobrança de escanteio, o mesmo Robert se antecipou, Renato Silva chegou atrasado, Rogério Ceni virou o rosto e estava sacramentado o placar final e a glória do estreante Antônio Carlos. Palmeiras 2 x 0 São Paulo.

Nos outros jogos importantes da décima rodada, a Portuguesa bateu o Paulista por 2 a 1, no Canindé e o Corinthians, prestes a estrear na Taça Libertadores e ainda sem time definido por Mano Menezes, ficou no 0 a 0, na Arena Barueri, no sábado. Já no domingo, o Bragantino superou mas não conseguiu tirar o Botafogo do G4, 2 a 0. E o Santos, mais líder do que nunca, nem precisou de Neymar e Ganso, que não jogaram, para bater o Mirassol, fora de casa, por 2 a 1, com gols de Wesley e Madson.
O Peixe continua com folga na ponta, com 25 pontos, seguido por Santo André, que levou a melhor diante do Barueri, 3 a 1. A equipe do ABC paulista tem 21 pontos. Corinthians, com 19 e Botafogo, com 18 são os quatro melhores até aqui. O São Paulo é o sexto com 17 e o Palmeiras pulou para oitavo com 16 pontos.