Arquivo para 4 de fevereiro de 2010

O São Paulo ideal…


Antes do jogo diante do São Caetano, pela sexta rodada do Paulistão, o técnico Ricardo Gomes afirmou que o time que escalaria seria o mais próximo possível do time ideal, o time que utilizará na Taça Libertadores. E parece que o time ideal de RG deu resultado. O Tricolor jogou bem, como ainda não havia feito em 2010.
Desde o início do jogo, os sãopaulinos tomaram as iniciativas e controlaram a partida. O São Caetano se defendia como pudia e tentava se defender dos ataques adversários.
Porém, o gol de abertura do placar saiu justamente quando os comandados do técnico Antônio Carlos começavam a equilibrar as ações. Aos 24, o atacante Washington recebeu na área e bateu forte, no ângulo do goleiro Luiz.
Ainda na primeira etapa, aos 36, os tricolores se aproveitaram que o Azulão partia para cima em busca do empate e cedia espaços atrás. Marcelinho Paraíba apareceu com liberdade na área para finalizar mas foi travado, a bola sobrou para Dagoberto que não perdoou. 2 a 0 SP.

No segundo tempo, Ricardo Gomes aproveitou para promover a estréia de Cléber Santana. O São Paulo se acomodou um pouco, o São Caetano não oferecia maiores perigos e o jogo caiu de produção. Mesmo assim, o time do Morumbi confirmou a vitória perto do final. Aos 44, avançou pelo meio e acertou um balasso de fora da área. Um golaço para sacramentar os três pontos para o Tricolor. São Paulo 3 x 0 São Caetano.
No outro jogo da noite, a invencibilidade de 28 jogos do Corinthians caiu por terra graças, inacreditavelmente, a um ex-corintiano, muito contestado por todos, inclusive, durante a sua passagem pelo time de Parque São Jorge. De virada e com o gol da vitória marcado por Finazzi, a Ponte Preta venceu o Corinthians por 2 a 1, no estádio Moisés Lucarelli, e conseguiu adentrar ao grupo dos quatro melhores do Paulistão, tirando o Timão da liderança do campeonato.

Anúncios
Anúncios