Arquivo para dezembro \24\+00:00 2009

FELIZ NATAL!!!!!

Nessa época tão especial, esse que vos bloga gostaria de desejar a todos um FELIZ NATAL!!!
Cheio de muita paz, felicidades e momentos agradáveis junto daqueles que se gosta.

Vai e vém natalino…

Em meio as comemorações de Natal, as diretorias dos clubes brasileiros correm para adiantar os presentes natalinos para seus torcedores. E as compras vão acontecendo em grande quantidade.

No Santos, a proridade, pelo menos por hora, é a defesa. Além da permanência do zagueiro Edu Dracena, que estava se recuperando de contusão e atuou apenas nos dois últimos jogos do Campeonato Brasileiro, a diretoria confirmou a contratação de Bruno Rodrigo, ex-Portuguesa. Bruno tem 24 anos e fica no Santos por três anos.
Outro defensor que está muito próximo da Vila Belmiro é o capitão do Sport, rebaixado em 2009. Assediado por alguns grandes clubes, Durval está acertado e muito perto de disputar a temporada 2010 pelo time comandado por Dorival Júnior. Fabão, Astorga e Adaílton, zagueiros do Peixe em 2009, foram dispensados pela direção.
Lá na frente, o Peixe está próximo de se antecipar ao Palmeiras e acertar com o meiocampista Marquinhos, do Avaí, que também interessa ao Flamengo.

Falando no Rio de Janeiro, Thiaguinho resolveu trocar de clube, mas não sair da cidade maravilhosa. O lateral resolveu deixar o Botafogo e já acertou sua transferência para o Fluminense. O Fogão até agora anunciou somente a contratação do meiocampista Renato, que se destacou na Ponte Preta e que defendeu o Grêmio no Campeonato Brasileiro de 2009.
No Vasco, a diretoria não se cansa de reforçar o time no retorno para a Primeira Divisão nacional. Dessa vez, o clube de São Januário apresentou o atacante Rafael Coelho, artilheiro do Figueirense na Série B, e o zagueiro Thiago, ex-São Caetano e que atuou pelo Cruzeiro no ano passado. Os dois jogadores se unem ao pacotão que conta também com os laterais Élder Granja e Márcio Careca, o zagueiro Gustavo, os volantes Jumar e Léo Gago, os meias Caíque e Geovane Maranhão e o atacante Dodô.


Em São Paulo, foi confirmada a troca envolvendo Palmeiras e Grêmio. Depois de brigar físicamente com o atacante Obina, que também deixou o clube, o jovem zagueiro Maurício foi cedido ao clube gaúcho que, por sua vez, cedeu o zagueiro Léo, que atuará pelo Palestra em 2009.
.

Já no Barueri, a diretoria também começa a se reforçar para o próximo ano. Depois de uma temporada excelente no ano de estréia na elite, o time anunciou a contratação do lateral e também volante Marcelo Oliveira, do Corinthians.

Marta e Messi… os melhores do mundo!!!

Rafael Maranhão
Especial para o GLOBOESPORTE.COM, em Zurique, Suíça

A Fifa anunciou na noite desta segunda-feira, em Zurique, o que o mundo inteiro já sabia: Messi é o melhor jogador do planeta em 2009. A premiação, a primeira na história para um argentino, encerra um ano perfeito para o camisa 10 do Barcelona: foram seis títulos pelo clube, a classificação para a Copa do Mundo pela Argentina, a conquista da tradicional Bola de Ouro da “France Football” e agora o prêmio da Fifa.
Messi foi eleito com votos de técnicos e capitães de 147 seleções nacionais. Ele somou 1.073 pontos e deixou para trás com ampla vantagem Cristiano Ronaldo, do Real Madrid (352), os colegas de clube Xavi (terceiro, com 196 pontos) e Iniesta (quinto, 134), além de Kaká, que apareceu em quarto lugar. O brasileiro do Real somou 190 pontos.

Já do lado das mulheres, pelo quarto ano consecutivo, o Brasil ficou orgulhoso mais uma vez. A craque Marta leva para casa o prêmio de melhor jogadora do mundo oferecido pela Fifa. A brasileira foi coroada em cerimônia realizada nesta sexta-feira, em Zurique, e tornou-se a recordista em número de prêmios Fifa (quatro, uma a mais que a alemã Birgit Prinz, que era uma das cinco finalistas).
Marta foi eleita com base nos votos de capitãs e técnicos de seleções nacionais femininas de todo o mundo. A brasileira conseguiu grande vantagem em relação às concorrentes. Foram 833 pontos, contra 290 da alemã Birgit Prinz, 252 da inglesa Kelly Smith, 239 da também brasileira Cristiane, e 216 de outra alemã, Inka Grings.

“Estou realmente surpresa. Primeiro agradeço a Deus, por tudo o que vem acontecendo em minha vida. É inevitável não me emocionar neste momento. O dia em que eu parar de me emocionar, o futebol acaba para mim”

Meninas brasileiras…em primeiro lugar!!!

Realmente impressionante. A proporção e o reconhecimento que o futebol feminino tem tomado em terras brasileiras impressiona os amantes do futebol.
E isso ficou mais do que provado na tarde desse domingo. Com o Pacaembu lotado, com mais de 25 mil pessoas presentes, a Seleção Brasileira decidiu o Torneio Cidade de São Paulo diante do México e, não só o jogo, mas o clima que envolvia a partida foi sensacional.

O time brasileiro, amplo favorito para mais essa conquista, e apoiado pela massa paulistana, começou partindo para cima desde o início, mas foi surpreendido logo no começo. Aos 11 minutos, Dinora arriscou chute de fora da área e surpreendeu a goleira Andréa, acertando o ângulo. 1 a 0 México.
Susto que foi logo absorvido pelas brasileiras, que não diminuíram o ritmo e partiram em busca do empate. Aos 22, o objetivo foi alcançado. Após cobrança de escanteio, a bola passou por todo o mundo e a zagueira Aline apareceu na segunda trave para estufar as redes. O Pacaembu explodiu em festa! Foi de se arrepiar.

Aí não teve como segurar. Dez minutos depois, a goleira mexicana Sophia errou na reposição, Cristiane cabeceou para frente e achou Marta, que ganhou na corrida da defensora e bateu com categoria no canto, virando o jogo.

O jogo foi para o intervalo e as brasileiras jamais imaginariam a vontade que as adversárias teriam na volta para o segundo tempo. Em três minutos jogados, o time do México acertou duas bolas na trave. A sorte estava do lado verde e amarelo. No melhor estilo “Quem não faz…”, Érika apareceu no meio da zaga e bateu na saída da goleira que defendeu com o pé, mas a sorte brasileira era tanta que a bola bateu na goleira, voltou na cabeça da zagueira Alina e foi morrer no fundo das redes.
Aos 13, a zagueira mexicana teve mais uma infelicidade e praticamente garantiu a vitória do time da casa. Depois de grande jogada de Marta, a camisa 10 driblou a goleira e cruzou para o meio. Alina tentou cortar e mandou para a própria rede mais uma vez.

Aos 24, contra-ataque mexicano e as visitantes diminuíram mais uma vez. A garota Nayeli, de apenas 17 anos, chutou de longe, a bola desviou em Ester e tirou as possibilidades de defesa de Andréia. Mas, as comandadas de Klaiton Lima decretaram o título em grande estilo cinco minutos depois. Cristiane arrancou pela esquerda, fez linda jogada, com direito a ‘drible da vaca’ na marcadora e serviu Marta, dentro da área. Com a categoria que lhe é tradicional, a melhor do mundo dominou e sacramentou a goleada. Brasil 5 x 2 México.

BRASIL CAMPEÃO DO TORNEIO INTERNACIONAL ESTADO DE SÃO PAULO 2009!!!
Festa das meninas brasileiras, principalmente para Marta e Cristiane que, além de conquistarem mais esse importante título, após o jogo, viajaram imediatamente para Zurique, onde nessa segunda, será realizada a cerimônia que anunciará os melhores jogadores de 2009, e as duas brasileiras concorrem ao prêmio.

Na disputa de 3o. lugar, no jogo que antecedeu a final, as chinesas bateram a seleção do Chile por 2 a 0 e levaram o bronze.

Barcelona Campeão do Mundo 2009!!!

Mundial de Clubes.
Tudo bem. O time não jogou como se esperava. Os jogadores não encataram como costumam fazer. O jogo não foi memorável técnicamente, tanto que acabou decidido apenas na prorrogação. Mas um certo camisa 10, que foi um dos que não jogou tudo que sabe, veste a camisa do Barça, e isso já é suficiente para que o gigante catalão mereça o título de melhor time do mundo em 2009.

O jogo, que alguns poderiam citar que seria barbada para o time espanhol, começou bastante equilibrado, com a equipe do Estudiante muito bem postada, tento defensivamente quanto no ataque. O Barça tinha maior posse de bola, mas não conseguia espaços na firme defesa argentina. Defesa essa, que se protegia com bastante competência e não se acoava diante dos gigantes espanhóis, ainda criando boas oportunidades de gol com seu ataque, municiado principalmente pelo maestro e capitão da equipe Juan Sebástian Verón.
E prova disso aconteceu aos 37 minutos do primeiro tempo. Díaz fez cruzamento da esquerda, o zagueiro Puyol subiu alto mas não alcançou e o atacante Boselli cabeceou no canto, sem chances para Valdés. 1 a 0 Estudiantes.

O Barcelona só foi tomar conhecimento do que estava acontecendo e buscara a reação mesmo depois do intervalo. O técnico Guardiola tirou o volante Keita e mandou a campo o jovem atacante Pedro. Mesmo recuando um pouco o argentino Messi, Pep Guardiola mandava o time para cima, com quatro atacantes em campo (Henry e Ibrahimovic, além de Messi e Pedro). E a mexida realmente deu certo. Os atuais campeões europeus dominaram a partida e mantinham o Estudiantes retraído em seu campo, apenas se defendendo. O ataque estava melhor, mas mesmo assim não fazia o suficiente para empatar o jogo.

Conforme o tempo ia passando, um desepero ia tomando conta do time do Barcelona que não conseguia alcançar a igualdade, por mais que dominasse totalmente as ações. Mas, o problema é sempre esse “mas”, quando parecia que o título ficaria mais uma vez para o coninente sulamericano e que o Barcelona perderia pela terceira vez a chance de conquistar o Mundial Interclubes, aos 43, na base do abafa, e, após levantamento na área, o zagueiro Piqué escorou e a bola sobrou no alto para Pedro que tocou de cabeça encobrindo o goleiro Albil, que teve ótima atuação mas falhou no lance. 1 a 1. Jogo empatado e decisão para o tempo extra.

Na prorrogação, o desenho do jogo continou o mesmo. O Barça, bastante desorganizado pressionando muito e um Estudiantes acoado, se defendendo como pudia. Deu certo para os argentinos, até os 5 minutos do segundo tempo da prorrogação. E adivinha quem foi que apareceu para resolver a situação e dar o título para o time de Guardiola…Leonel Messi. O até então apagado camisa 10 estava dentro da área, entre os zagueiros quando Daniel Alves fez o levantamento. Messi correu por trás da zaga e mergulhou, de peito, para definir o novo campeão mundial.

Festa do time azul-grená, CAMPEÃO MUNDIAL INTERCLUBES pela primeira vez na sua história. O inédito Mundial foi a conquitsa que faltava em um ano perfeito para os catalães. Foram nada menos do que seis troféus levantados: Liga dos Campeões, Campeonato Espanhol, Copa do Rei, Supercopas da Europa e da Espanha e, agora, o Mundial de Clubes. Estudiantes 1 x 2 Barcelona.

Estudiantes 1 x 2 Barcelona
Estudiantes: Albil; Cellay, Desábato e Ré (Rojo); Clemente Rodríguez, Braña, Pérez (Nuñez) e Díaz; Verón e Benítez (Sánchez); Boselli
Técnico: Alejandro Sabella

Barcelona: Valdés; Daniel Alves, Puyol, Piqué e Abidal; Busquets (Yaya Touré); Xavi e Keita (Pedro); Messi, Ibrahimovic e Henry (Jeffren)
Técnico: Josep Guardiola

Na disputa do terceiro lugar, o Poohang Steelers, da Coréia do Sul, levou a melhor diante do Atlante, do México. Após o empate por 1 a 1 no tempo normal, o time do brasileiro Denílson, fez 4 a 3 nas cobranças de pênaltis e ficou com o bronze.

Liga: Confrontos definidos e dois jogassos…


Definidos os confrontos das Oitavas-de-final da Liga dos Campeões da Europa.
Em sorteio realizado na manhã dessa sexta-feira, foram decididos os confrontos da primeira etapa das eliminatórias simples do torneio que, a partir de agora, segue com eliminações por jogos de ida e volta, até a decisão do título.

Stuttgart x Barcelona
Olympiacos x Bordeaux
Internazionale de Milão x Chelsea
Bayern de Munique x Fiorentina
CSKA Moscou x Sevilla
Lyon x Real Madrid
Porto x Arsenal
Milan x Manchester United

Os maiores destaques da definição ficou mesmo por conta dos dois clássicos mundiais que foram sorteados. A Inter de Milão do técnico José Mourinho, que acabou se classificando em segundo no Grupo D, tem missão ingrata pela frente. Irá enfrentar nada mais, nada menos que o últimos comandados do técnico português antes de assumir o clube italiano. O Chelsea, de Drogba e Anelka. Duelo que promete.
Assim como o confronto entre o líder do Grupo B e o segundo do C. Outro clássico que deve abalar o cenároio futebolístico mundial. Simplesmente Manchester United e Milan.
Nos outros confrontos, o Barcelona deu mais sorte e enfrentará o Stuttgart, da Alemanha. O Olympiakos, do técnico Zico, medirá forças com a sensação da Liga até aqui, os franceses do Bordeaux. O Bayer de Munique decidirá uma vaga contra a Fiorentina. O Sevilla, de Luis Fabiano, é favorito diante do CSKA Moscou. Porto e Arsenal decidem outa vaga e a tendência é que o Real Madrid, de Kaká e Cristiano Ronaldo, não enfrente maiores problemas contra o Lyon, da França.

Barça leva susto, mas Messi garante…

Mundial de Clubes.

Por mais que tenha levado um susto no início, o Barcelona tem um jogador que dispensa comentários e que teve atuação fundamental para levar o time espenahol para a final do Mundial de Clubes.
Logo no começo do jogo, os mexicanos do Atlante não se intimidaram com o gigante espanhol e saíram na frente. Rojas invadiu a área, deu um lençol no goleiro Valdés e se esticou para empurrar para a rede.

Com a vantagem, o Atlante passou a se fechar e ver o Barcelona crescer na partida. Tanto que a pressão deu resultado aos 35 minutos ainda da etapa inicial. Após escanteio, Touré desviou de cabeça e Busquets só teve o trabalho de completar para o gol. 1 a 1.

Com o placar igual, o Barcelona ficou ainda mais forte. E não se conteve até conseguir a virada. Mas ela realmente só saiu depois da entrada de um certo argentino que começou na reserva. Leonel Messi entrou no gramado aos 8 minutos do segundo tempo. E bastou um minuto. Aos 9, em seu primeiro toque na bola, o camisa 10 recebeu passe perfeito de Ibrahimovic, driblou o goleiro e tocou para o gol aberto.

A virada abateu os mexicanos, que não conseguiram mais reagir e ainda tomaram o terceiro. Aos 22, Iniesta fez grande jogada pela esquerda e deixou Pedro na cara do gol. O atacante mandou para dentro e garantiu o Barça como finalista do Mundial.

Barcelona e Estudiantes se enfrentam nesse sábado para definir o Campeão do Mundo de 2009.

Estudiantes na decisão…

Mundial de Clubes.

Em Abu Dhabi, nos Emirados árabes, os argentinos do Estudiantes, campeões da Libertadores, vencendo o Cruzeiro na decisão, enfrentaram o Pohang Steelers, da Coréia do Sul. A equipe coreana havia superado o Mazembe, do Congo, por 2 a 1, por isso obteve a vaga na semifinal.

No duelo de ontem, o grande destaque ficou por conta de Leandro Benítez. O argentino marcou dois gols e deu grande força para classificar o Estudiantes para a decisão do Mundial. O Poohang ainda diminuiu com um gol do brasileiro Denílson, que não é aquele das pedaladas, é um que aqui no Brasil atuou apenas pelo Camaçari, da Bahia. Denílson, aliás, que marcou os dois da primeira vitória do Poohang.
Na decisão, Verón, Benítez e cia. encaram o vencedor da outra semifinal. Ao que tudo indica, se não acontecer nenhuma ecatombe, será o Barcelona, que joga hoje contra o Atlante, do México.

Vai e vém… Gaúcho na Bahia, Buchecha no Galo e o sonho de Marcelinho…

Mais algumas confirmações e boatos fazendo parte dos noticiários futebolísticos nessa época que não se fala em outros assuntos.

O polêmico Renato Gaúcho está de volta ao cenário nacional. E dessa vez, o treinador trabalhará de maneira inédita fora do Rio de Janeiro. Renato acertou e será o técnico do Bahia no ano que vem. >Marcelo Guimarães, presidente do clube baiano confirmou esse final de semana, via twitter que o treinador da equipe no próximo ano, que se tratava de um profissional “de nome e conhecido” se tratava mesmo do ex-treinador do Madureira, Vasco da Gama e Fluminense.

Passando para os gramados de Minas Gerais, o Cruzeiro deve perder o melhor lateral direito do Campeonato Brasileiro. Jonathan está sendo bastante assediado e na imprensa européia já se confirma que o Real Madrid deve acertar a transferência com o jogador.
No rival Atlético, foi confirmada a aquisição do lateral esquerdo Leandro, ex-Palmeiras e que atuou pelo Vitória no Brasileirão. Além do popular ‘Buchecha’, que também atuou pelo Fluminense recentemente, o presidente atleticano Alexandre Kalil ainda prometeu mais três reforços de peso, mas não divulgou os nomes.

Falando de equipes paulistas, primeiramente no interior, a Ponte Preta, que fez campanha modesta na Série B, terminando apenas na décima primeira colocação, anunciou bons reforços para a temporada 2010. Os zagueiros Léo Oliveira, que pertencia ao Ipatinga e Evaldo, que disputou a Série B pelo Bahia. Além deles, o goleiro Eduardo Martini, que fez excelente campanha com o Avaí na elite. Os rivais do Guarani até aqui, contrataram apenas o lateral esquerdo Fabinho, do Paraná.
Chegando na capital de SP, o Palmeiras, que ainda vive momentos de tensão devido a perda do título e da vaga na Libertadores, está muito perto de acertar com outros dois jogadores que fizeram ótimo Campeonato Brasileiro pelo Avaí. O experiente meia Marquinhos e o atacante Muriqui.
O atacante, embora também tenha propostas de alguns clubes pequenos da Europa parece estar mais próximo do Parque Antártica. Muriqui pertence a Traffic e deve ser repassado ao Palmeiras. Já a situação de Marquinhos está menos definida. O capitão do time comandado por Silas em 2009, tem contrato ainda em vigor até dia 31 de dezembro e após essa data pode negociar livremente com qualquer clube. Mas, além do Palestra, Silas quer levar Marquinhos para o Grêmio, para atuar com ele no próximo ano.

E no Parque São Jorge, os rumores são de um retorno de um grande ídolo. Depois da contratação de grandes craques experientes, como Ronaldo, que lá já estava, agora Roberto Carlos, Tcheco, Iarley e Danilo, todos acima dos 30 anos, o que se fala agora é da contratação do ídolo Marcelinho. Já se dizia que o Carioca iria participar da campanha do Corinthians no ano do centenário, mas como uma figura do marketing do clube, como uma espécie de embaixador do Timão na divulgação da marca por onde o clube atuar. Porém, o ‘Pé-de-Anjo’ ainda tem esperanças de participar dos torneios no ano do centenário dentro de campo, principalmente a Libertadores.Mesmo assim, parece que acontecerá em 2010, um jogo de despedida para Marcelinho, que se aposentará do futebol vestindo a camisa do Corinthians, nem que seja por essa única partida.

Vai e vém… dança dos técnicos e reforços paulistas…

E o ‘vai e vém’ do futebol nacional prossegue agora com a dança dos técnicos.
Em Porto Alegre, se o Grêmio já apresentou o treinador Silas para o ano que vem, o rival Inter não ficou para trás e trouxe um nome de peso para comandar a equipe em 2010. Realmente se confirmou a saída já anunciada de Mário Sérgio ao término do Campeonato Brasileiro. Ele mesmo havia anunciado no momento em que foi contratado, que não ficaria no clube no ano que vem. Seu substituto é o uruguaio Jorge Fossati. O ex-técnico da LDU vive um ótimo momento na carreira e vem embalado pelos títulos da Recopa Sulamericana, derrotando o próprio Inter, e da Copa Sulamericana, diante do Fluminense naquela épica final.

Fossati acertou contrato de um ano e chegou afirmando que vai buscar aliar força na defesa e qualidade no ataque colorado, embora tenha afirmado que isso é simples de dizer, mas será difícil de realizar.
Quanto ao plantel, por enquanto a diretoria ainda não confirmou muitas mudanças. Apenas o retorno do goleiro Muriel, que jogou a Segunda Divisão pela Portuguesa e a contratação do atacante Tiago Humberto, do Barueri.

Já em São Paulo, mas especificamente na Baixada, o Santos também confirmou seu novo comandante. É Dorival Júnior. Após dispensar Vanderlei Luxemburgo, a nova diretoria do Peixe, liderada pelo novo presidente Luis Álvaro de Oliveira, já vinha almejando a contratação do técnico Campeão Brasileiro da Série B pelo Vasco e anunciou acerto com o treinador até o final de 2010.

Júnior agora já começa a se preocupar com o elenco, o qual elogiou, mas que já sente que precisa de algumas mudanças aqui e ali. Por enquanto, nenhum jogador foi trazido e o clube ainda perdeu o artilheiro Kléber Pereira, dispensado pela diretoria.
“Acompanhei o Santos no Brasileiro. Não a fundo, mas acompanhei sim porque é um time jovem, que gosto de ver atuando pela mobilidade. Pegamos a relação de jogadores e começamos a abordar o assunto por cada atleta, para em cima disso mostrar um posicionamento nosso e assim, em consenso com a diretoria, tomar algumas decisões.”

Chegando a capital, o Corinthians anunciou a confirmação de mais um reforço para o ano do centanário. Mais um jogador experiente, mais um para o meio de campo. Danilo, de 30 anos, o qual já havia sido citado por esse blog fazendo referência a divulgação do programa Jogo Aberto da Band, que anunciou que o jogador estaria perto de acertar com o Timão no final desse ano. E assim aconteceu. O ex-sãopaulino estava a duas temporadas no Kashima Antlers, do Japão, e já era considerado grande ídolo por lá.
O meia chega a São Paulo nessa terça-feira e assinará contrato com o clube de Parque São Jorge.

Outros que estão próximos de integrar o pacotão de contratações do Corinthians para 2010 são o lateral e meia Moacir, rebaixado com o Sport, e um zagueiro que também atua no país mas ainda não teve o nome divulgado pela diretoria. O que dizem é que deve se tratar de Leandro Castán, do Barueri, devido a não se conseguir trazer o ex-palmeirense Henrique, que atua no Racing Santander, mas pertence ao Barcelona, ambos da Espanha.