Arquivo para agosto \31\UTC 2009

É o jeito moleque de ser, resultados e classificação…

E a molecada praiana deu conta do recado. Regidos pelo maestro Emerson, que fez sua estréia no time titular do técnico Vanderlei Luxemburgo, a nova versão dos ”meninos da vila” emplacou no estádio Urbano Caldeira diante do desesperado Fluminense. Na verdade, como era de se esperar, a equipe da casa nem enfrentou muitas dificuldades diante dos cariocas, que na base da agonia, partiam pra cima sem nenhum brilho. O primeiro tempo foi equilibrado, os dois times tiveram oportunidades de marcar, mas a eficiência não era o forte dos ataques. Foi então que o talento juvenil brilhou no estádio que um dia um menino chamado Edson encantava a todos. Aos 44, depois de cruzamento da intermediária, o garoto André, 18 anos, substituto de Kléber Pereira, só escorou de cabeça e anotou o primeiro tento do Peixe.
André, que se junta a Ganso e Neymar... o retorno dos "meninos da vila''
No segundo tempo, o Flu voltou mais assustado do que motivado a tentar uma reação, então o Santos aproveitou também para se poupar e, aos 29, novo cruzamento, dessa vez da esquerda e novamente com George Lucas, que tem servido os atacantes santistas com perfeição, o camisa 4 jogou na medida para o 11, Paulo Henrique, 19 anos, desviar de cabeça e sacramentar a vitória. Santos 2 x 0 Fluminense. Com a vitória, os comandados de Luxemburgo continuam a alimentar o sonho, mesmo que um pouco distante, de alcançar o grupo de classificados para a Libertadores 2010. Já a equipe de Renato Gaúcho, se aproxima cada vez mais e a passos largos para a Segunda Divisão nacional. (O que convenhamos já é claro desde o início do campeonato.Os mais próximos sabem que já citava desde as primeiras rodadas do torneio de que o tricolor carioca estava com cheiro de rebaixamento esse ano.)
Nos outros jogos, destaque para os mais excepcionais goleiros brasileiros, não só da atualidade, juntamente com Júlio César, titular da Seleção, como também dos últimos tempos, na minha opinião e tenho certeza na de muitos também.,

Os experientes com saúde de sobra no clássico...

Os experientes com saúde de sobra no clássico...

Marcos e Rogério Ceni brilharam demais, mais uma vez e fizeram com que o clássico mais esperado do campeonato e o reencontro de Muricy Ramalho com o São Paulo e torcida tricolor no Morumbi terminasse sem gols.
E no Beira-Rio, foi Fernandão quem se reencontrou com a ex-equipe e foi muito recebido. Ficou tão tocado que resolveu ‘dar uma força’ para os colorados. Resultado: levou até cartão vermelho e os gaúchos mandaram 4 a 0 para cima do Goiás se aproximando do líder, que ainda é o Palmeiras.

Rodada 22
Qua, 26/08/2009
Barueri 2×2 Corinthians

Sáb, 29/08/2009
Náutico 3×0 Atlético-PR
Coritiba 2×0 Avaí
Flamengo 3×0 Santo André

Dom, 30/08/2009
Atlético-MG 1×1 Sport
São Paulo 0x0 Palmeiras
Santos 2×0 Fluminense
Vitória 3×3 Cruzeiro
Botafogo 3×3 Grêmio
Inter 4×0 Goiás

1 Palmeiras 41
2 Goiás 38
3 Internacional 37
4 São Paulo 37
5 Atlético-MG 34
6 Avaí 34
7 Corinthians 33
8 Barueri 33
9 Grêmio 32
10 Santos 32
11 Flamengo 30
12 Vitória 29
13 Cruzeiro 29
14 Atlético-PR 27
15 Coritiba 25
16 Santo André 24
17 Náutico 24
18 Botafogo 23
19 Sport 17
20 Fluminense 16

Anúncios

Urgente! Vágner Love é do Palmeiras

Julyana Travaglia e Marcelo Prado
GloboEsporte.com

Na semana em que o Palmeiras completou 95 anos de vida, quem ganhou o presente foi a torcida alviverde. Depois de uma longa ‘novela’, a diretoria confirmou na manhã dessa sexta-feira, a contratação do atacante Vagner Love, revelado no clube de Palestra Itália e que estava no CSKA (RUS). O jogador, que chega por empréstimo de um ano, será apresentado na próxima semana e deve estrear tão logo sua documentação seja regularizada na CBF.
"All we need is LOVE..."
Love retorna ao futebol brasileiro para mostrar ao técnico Dunga, da seleção brasileira, que tem condições de ser um dos atacantes da equipe na Copa do Mundo de 2010, que será disputada na África do Sul.

Roupa nova, falhas antigas, show de gols em Santos e técnico novo no Canindé…

Mais uma vez o Corinthians ficou devendo. Em mais uma investida do seu departamento de marketing, o Timão estreou nova camisa no duelo de ontem diante do Barueri, na Arena. A sua tradicional listrada porém a parte branca do uniforme foi substituída pelo contestado roxo. Em tom mais escuro e unido ao preto, a camisa ainda ficou mais bonita do que a toda roxa, mas ainda sim não condiz com a equipe do Corinthians. E como vem acontecendo, o roxo não deu sorte para o time de Parque São Jorge. Mais uma vez, os comandados de Mano Mnezes não jogaram bem e não conseguiram nada além de um empate.
E o Barueri precisou de apenas impressionantes 21 segundos para furar a zaga corintiana. Pimentel cruzou da direita, Jean e Paulo André ficaram perdidos, Márcio Careca apareceu livre e cabeceou para o meio onde, também totalmente sem marcação apareceu o atacante Flavinho para empurrar para as redes. Apesar da vantagem, os donos da casa continuaram melhores e, percebendo a fragilidade dos adversários, foram para cima buscando ampliar o marcador. Os jogadores corintianos não conseguiam acertar três passes seguidos. O ataque do Corinthians era nulo, com Jorge Henrique correndo solitário, próximo de Henrique e Bill que nítidamente nada acrescentam, já que não criaram uma oportunidade sequer. A bola batia nos dois homens de frente e voltava em ataque do Barueri. Porém, o ‘mistão’ alvinegro conseguiu se segurar e ir para o intervalo perdendo apenas por um gol.

O estreante Balbuena teve atuação discreta

O estreante Balbuena teve atuação discreta


No intervalo, Mano Menezes resolveu dar mais uma chance a Souza no lugar de Henrique e deu certo. O time melhorou e aos 6 minutos, o camisa 43 recebeu na área, limpou o zagueiro e foi derrubado. Pênalti. Sem Chicão, Ronaldo, Dentinho… a cobrança ficou a cargo do lateral esquerdo improvisado Marcinho, que bateu com categoria e igualou o marcador. E a melhora foi tanta que não demorou para o Timão virar o jogo. Aos 13, Elias acertou um balasso da intermediária, no ângulo. Golaço! 2 a 1. Mas, depois do gol, o time da capital voltou a relaxar em campo e bastaram mais cinco minutos para os donos da casa aproveitarem. Aos 18, Márcio Careca levantou da esquerda, Paulo André falhou mais uma vez, não alcançou a bola e o artilheiro Val Baiano, de cabeça, deu números finais ao confronto. Barueri 2 x 2 Corinthians.

Se dentro de campo, as coisas não são das melhores para o Timão, fora de campo as notícias são animadoras para a Fiel. Finalmente parece ter se encontrado o substituto de Cristian, o cabeça de área que tanto está faltando a equipe. MM está de volta ao Parque! Tudo acertado entre Corinthians e Panathinaikos,da Grécia, e o volante Marcelo Mattos deve se apresentado no fim de semana, que o Timão não entrará em campo. Outro que começa a ser comentado no clube é o meia-atacante Edno, que já manifestou o desejo de sair o mais rápido possível da Portuguesa e agora começou a briga pelo jogador.

Na outra partida do Campeonato Brasileiro, essa válida ainda pela 16a. rodada, o Santos recebeu o Inter, na Vila Belmiro. E o jogo foi eletrizante. Os gaúchos começaram indo para cima mas foram surpreendidos pelos donos da casa. O Peixe abriu vantagem de dois gols em dois minutos, aos 13 e aos 15. O Colorado empatou com dois gols em dois minutos, aos 24 e aos 26. Na segunda etapa, os visitantes passaram na frente, pela terceira vez com Alecsandro. Mas, com 14, George Lucas jogou na cabeça de Kléber Pereira que fechou o placar. Santos 3 x 3 Internacional.

    Copa Sulamericana

. Como o primeiro duelo, terminado empatado sem gols, Flamengo e Fluminense novamente não deram muita importância para a competição e foram para o duelo decisivo mais uma vez com as equipes mistas. Nos acréscimos do primeiro tempo, Roni, de pênalti, abriu o marcador. Andrade adiantou o time para buscar a virada no segundo tempo e conseguiu o empate aos 15 minutos com Dênis Marques. O rubro-negro exerceu forte pressão no final, mas não conseguiu o gol que lhe daria a classificação. Como o segundo jogo era de mando do Flamengo, o Fluminense levou vantagem por ter feito um gol “fora de casa”, ou seja, no jogo em que era visitante. Melhor para o tricolor que eliminou o rival e se classificou para a fase internacional do torneio.
No outro jogo brasileiro, no Mineirão, Atlético/MG e Goiás também empataram em 1 a 1 e voltam a se enfrentar dia 16 de setembro, em Goiânia.

Série B. No mesmo dia em que Renê Simões pediu demissão por não agüentar a situação da equipe lusitana, a Portuguesa já anunciou o treinador substituto. Trata-se de Vágner Benazzi, que assinou até o final do ano e foi o responsável pelo último acesso da equipe em 2007.
“Estou chegando em uma situação parecida com a que encontrei aqui em 2007 e espero que possamos sair vitoriosos novamente. Assinei até o fim do Brasileiro e quero, mais uma vez, recolocar a Lusa na Série A.”

Urgente! Renê Simões fora da Portuguesa

As atitudes absurdas da torcida da Lusa assustaram Renê Simões

As atitudes absurdas da torcida da Lusa assustaram Renê Simões

Renê Simões já não é mais o técnico da Portuguesa. O treinador, que assumiu a Lusa apenas 3 dias depois de sair do Coritiba, não aguentou a pressão forte da torcida e pediu demissão na manhã dessa quarta-feira. Renê dirigiu a Portuguesa em apenas três partidas e não conseguiu vencer. Foram duas derrotas, para Vasco e Vila Nova/GO e um empate com o Campinense. Na noite de ontem, a Portuguesa acabou derrotada por 2 a 1 pelo Vila Nova/GO, em pleno Canindé, e se distanciou ainda mais da zona de classificação para a Série A. O fato mais triste da noite de ontem, além da derrota lusitana, foi a invasão de alguns torcedores armados no vestiário da Portuguesa, onde os jogadores foram ameaçados. Os mais visados pelos torcedores são o meia Héverton e o meia-atacante Edno, que já declarou publicamente que ele e sua familia já haviam recebido outras ameaças e que ”não tem mais clima” para continuar na equipe do Canindé.
Edno... deve ser o próximo a deixar o Canindé

Edno... deve ser o próximo a deixar o Canindé


Nunca vi uma coisa dessa na vida. A gente está tentando fazer acontecer e, infelizmente, não estamos conseguindo. Aqui no Brasil, as pessoas estão muito fanáticas. Por causa de uma partida de futebol já querem fazer esse tipo de coisa absurda. Isso não existe. Futebol é torcedor na arquibancada. Aqui na Portuguesa a torcida é muito folgada. Tudo o que acontece no time eles correm para cima de mim. Nós recebemos ameaças não é de hoje. Até minha família já recebeu. Não tenho mais clima para jogar na Portuguesa. Sinceramente.”– afirmou Edno.

Fato lamentável, onde o futebol é confundido com casos policiais e tratado de uma maneira completamente diferente do como deve ser e a torcida da Portuguesa só consegue com isso piorar ainda mais o clima no clube e acabar com o foco dos jogadores.

Léo 300, Corinthians e Campeonato Inglês…

Dedicação, raça, absoluta vontade e bastante técnica ao atuar pelo lado esquerdo do campo. Essas são as principais características do lateral-esquerdo Léo, que nessa noite completará a incrível marca de 300 jogos pelo Santos. Em uma época em que o futebol tem tão poucos jogadores com uma identificação forte ao clube em que trabalham, Léo comemora a marca de tal maneira que já fala em permanecer no clube, até depois de pendurar as chuteiras, se tornando dirigente do clube alvinegro.

Léo ao lado da Musa santista de 2008, Kelly Medina

Léo ao lado da Musa santista de 2008, Kelly Medina

“Quero atuar nessa área, minha intenção é ajudar o Santos também fora dos campos. E tem o centenário. Todos sabem da minha ligação com o Santos e quero estar nesse projeto. Se não der para participar jogando, quero estar envolvido fora de campo.”

Quanto a partida de hoje, contra o Internacional, na Vila Belmiro, em jogo adiado ainda da 16a. rodada, o lateral, com passagem pela Seleção Brasileira está confirmado, mas o Peixe vai com mudanças. O técnico Vanderlei Luxemburgo, que afirmou que os próximos 5 jogos do Santos no Brasileirão( Fluminense, na Vila, Corinthians, no Pacaembu, Santo André e Botafogo, ambos em Santos) serão 5 decisões, principalmente por serem disputadas todas em São Paulo, ainda não pode contar com o goleiro Fábio Costa e Maikon Leite machucados, além do lateral Pará, suspenso. O time ainda sonha em alcançar a parte superior da tabela e chegar a disputa da Libertadores da América.

A outra partida do Brasileirão nessa noite já pertence a 22a. rodada. O Corinthians, mais uma vez todo remendado, vai até a Arena enfrentar o Barueri, no jogo isolado da quarta-feira. Apenas devido a televisão.
O destaque do confronto deve ser a estréia do paraguaio Balbuena na defesa corintiana. Joga-se a responsabilidade de consertar a defesa nos ombros do desconhecido lateral, que também joga na zaga, mas deve atuar na direita, já que Alessandro segue contundido e Jucilei, suspenso, também está fora.
Fora de campo, o Timão parece mesmo estar praticamente acertado com o garoto argentino Matías Defederico, que ficou pouco tempo em terras brasileiras e já voltou a Argentina, dessa vez acompanhado do presidente Andrés Sanchez, para conseguir a assinatura do presidente do Huracán, único ‘detalhe’ que falta para confirmar a contratação.
Outra novidade no Parque São Jorge foi o anúncio do possível retorno do volante Marcelo Mattos, atualmente no Panathinaikos, da Grécia. Mattos se diz com vontade de retornar ao Brasil e ao Corinthians, até por estar sendo pouco aproveitado na equipe grega. E, convenhamos, seria o substituto ideal para o lugar do ausente Cristian, que ainda não foi substituído a altura. Aguardemos para ver se o negócio sairá do falatório e acontecerá de verdade, o que na maioria das vezes, não acontece.

  • Futebol Internacional
  • . No último final de semana, aconteceu a terceira rodada do Campeonato Inglês e o destaque ficou para a goleada do Manchester United, que jogando fora de casa, se recuperou da derrota na última derrota, e não tomou conhecimento da frágil equipe do Wigan. Sonoro 5 a 0, com grande atuação de Wayne Rooney. E o chará dos Diabos Vermelhos também se deu bem na rodada. O City de Robinho, Tevez e Cia. Um lindo gol de Adebayor, depois de ótima troca de passes, garantiu a vitória por 1 a 0 e a terceira posição depois de três rodadas. A liderança é dividida entre Tottenham, que bateu o West Ham, fora de casa e o Chelsea, que também fora de seus domínios superou o Fulham. 2 a 0. Ambas as equipes ainda possuem 100% de aproveitamento, com três vitórias em três jogos. O Arsenal também venceu, o Portsmouth por 4 a 1, e é o quarto. A surpresa da rodada ficou por conta do Liverpool, que decepcionou e em pleno estádio Anfield, levou 3 a 1 do Aston Villa e amargou a segunda derrota no campeonato.

    Dia de Rubinho…

    E foi mesmo. Depois de cinco anos, 81 GPs e muitas dificuldades enfrentadas não só nessa temporada, como em toda a movimentada carreira, Rubens Barrichello brilhou na manhã desse domingo e venceu o Grande Prêmio da Europa, disputado no circuito de Valência, na Espanha.
    Rubinho como vem fazendo nas últimas etapas, fez uma boa classificação, largando na terceira posição do grid, atrás das McLarens de Lewis Hamilton e Heikki Kovalainen. E o brasileiro da Brawn GP permaneceu durante todo o tempo atrás dos pilotos ingleses, só esperando uma brecha dos líderes para aproveitar. E essa brecha apareceu. Na segunda parada de Kovalainen, Rubinho se aproveitou do tráfego enfrentado pelo finlandês e assumiu o segundo lugar, logo atrás de Lewis Hamilton, travando um emocionante duelo com o inglês. E foi em mais uma bobeada que o único brasileiro que participou da corrida alcançou a ponta. Na segunda parada de Hamilton, a equipe da McLaren se atrapalhou no pit stop, demorando 14 segundos para liberar o piloto, e quem aproveitou foi Barrichello. O brasileiro assumiu a liderança e ainda abriu grande vantagem para poder realizar a parada e retornar na frente do atual campeão mundial. Daí em diante foi só administrar e comemorar a primeira vitória na temporada e chegar um pouco mais perto do líder, o companheiro de equipe Jason Button, que terminou a prova somente na quinta colocação. Lewis Hamilton foi o segundo colocado e Kimi Raikonen, da Ferrari foi o terceiro.
    A vitória ainda foi mais marcante por colocar o piloto brasileiro na história. Rubinho conquistou a centésima vitória por um piloto brasileiro na história da Fórmula 1.
    Rubens Barrichello ainda ofereceu a vitória ao amigo Felipe Massa, com quem se envolveu em acidente que afastou o piloto da Ferrari das pistas por tempo indeterminado. Luca Badoer, que substituiu Massa não foi nada bem e terminou em décimo sétimo. Outro que não teve muita sorte foi o francês Romain Grosjean, que entrou no lugar do brasileiro Nelsinho Piquet na Renault, não alcançou nada mais que um décimo quinto lugar.

    1 Jenson Button ING Brawn-Mercedes 72
    2 Rubens Barrichello BRA Brawn-Mercedes 54
    3 Mark Webber AUS RBR-Renault 51,5
    4 Sebastian Vettel ALE RBR-Renault 47
    5 Nico Rosberg ALE Williams-Toyota 29,5
    6 Lewis Hamilton ING McLaren-Mercedes 27
    7 Kimi Raikkonen FIN Ferrari 24
    8 Jarno Trulli ITA Toyota 22,5
    9 Felipe Massa BRA Ferrari 22
    10 Timo Glock ALE Toyota 16
    11 Fernando Alonso ESP Renault 16
    12 Heikki Kovalainen FIN McLaren-Mercedes 14
    13 Nick Heidfeld ALE BMW Sauber 6
    14 Sebastien Buemi SUI STR-Ferrari 3
    15 Robert Kubica POL BMW Sauber 3
    16 Sebastien Bourdais FRA STR-Ferrari 2

    Liderança azul no Brasileiro e Vasco mandando na Segundona…

    E o Azulão voltou a se dar bem no Brasileiro. Não. Não estamos falando da campanha do São Cateno na Série B (que aliás também é surpreendente, com uma reabilitação exemplar). Estamos falando sim do líder da divisão principal do futebol brasileiro.
    No sábado, o Palmeiras estreou novo uniforme, o número três em homenagem ao antigo Palestra Itália, equipe que deu origem a fundação da Sociedade Esportiva Palmeiras. E foi diante do Internacional, no Parque Antártica.
    E foi um belo jogo. O time da casa sofreu uma baixa importante com menos de 10 minutos. Após dividida, Claiton Xavier sentiu lesão no tornozelo e precisou ser substituído. Deve ficar um tempo afastado. Nesse momento, os paulistas sentiram e a equipe gaúcha aproveitou para pressionar. Mas, em um contra-ataque, Diego Souza achou espaço na defesa colorada e avançou até ser derrubado por Danny Moraes. Pênalti. O artilheiro Obina não decepcionou, nono gol dele na competição, e colocou os anfitriões em vantagem. Na volta do intervalo, o Azulão, ops…quer dizer, o Verdão, não deu tempo para o Inter colocar os nervos no lugar e buscar o empate. No segundo minuto jogado, Diego Souza chutou para o gol, a bola bateu no zagueiro Sorondo e sobrou para o paraguaio Ortigoza dobrar. Tite tentou o que pode, mandou o time para frente, mas o máximo que conseguiu foi diminuir somente aos 42 em linda jogada do meia Giuliano, que limpou dois e mandou no ângulo de Marcos. E foi só. Palmeiras 2 x 1 Inter. E o time de Muricy Ramalho ainda contou com uma série de resultados que o beneficiaram, para se isolar ainda mais na liderança, agora com 4 pontos de folga para o segundo colocado.

    Tudo verde no Azulão...ops!... Tudo azul no Verdão...

    Tudo verde no Azulão...ops!... Tudo azul no Verdão...


    Segundo colocado esse que agora é o Goiás, que superou o Santos, no Serra Dourada e ultrapassou o tricolor paulista. Tricolor esse que teve sua fase de vitórias freada pelo furacão do Paraná, que contou com o apoio da sua apaixonada torcida para bater no “Jason”, na Arena da Baixada. No Pacaembu, o destaque foi para a arbitragem vergonhosa que dirigiu o duelo entre Corinthians e Botafogo. Com direito a pênalti claro não marcado para os cariocas, pênalti inexistente a favor do Corinthians, gol de mão validado de André Lima e outras coisas mais que nem o próprio Arílson Bispo da Anunciação pode explicar direito. E lá na parte debaixo da tabela, depois de longas dez rodadas sem nenhuma vitória, o Sport venceu novamente e jogou o Fluminense para a última colocação do campeonato, já que a equipe carioca não conseguiu nada além de um empate sem gols contra o Barueri, em pleno Marcanã.

    Rodada 21

    Sáb, 22/08/2009
    Santo André 1×0 Coritiba
    Sport 2×0 Vitória
    Palmeiras 2×1 Internacional

    Dom, 23/08/2009
    Fluminense 0x0 Barueri
    Atlético-PR 1×0 São Paulo
    Corinthians 3×3 Botafogo
    Grêmio 4×1 Atlético-MG
    Avaí 3×0 Flamengo
    Cruzeiro 4×2 Náutico
    Goiás 2×1 Santos

    1 Palmeiras 40
    2 Goiás 38
    3 São Paulo 36
    4 Avaí 34
    5 Internacional 33
    6 Atlético-MG 33
    7 Corinthians 32
    8 Barueri 32
    9 Grêmio 31
    10 Vitória 28
    11 Santos 28
    12 Cruzeiro 27
    13 Atlético-PR 27
    14 Flamengo 27
    15 Santo André 24
    16 Coritiba 22
    17 Náutico 21
    18 Botafogo 21
    19 Sport 16
    20 Fluminense 16

      Série B.

    Vasco mostrando quem manda na Série B

    Vasco mostrando quem manda na Série B

    Com quase 80 mil torcedores no Maracanã, o Vasco não poderia ter comemorado melhor o aniversário de 111 anos de sua fundação. Com uma atuação impecável, a equipe carioca não deu chances ao Ipatinga e atropelou os mineiros por 4 a 0. Alex Teixeira fez dois, Elton fez um e o maestro da equipe de Dorival Júnior, o capitão Carlos Alberto anotou o dele também e definiu a vitória. Com a vitória, o Vasco assumiu a liderança com 39 pontos, 3 a mais do que o Atlético/GO. O Guarani, que após ume excelente início, vai começando a diminuir o desempenho, ainda é o terceiro com 34 e o Ceará completa o grupo do G4, com 33. São Caetano, Ponte Preta, Figueirense, Bragantino e Portuguesa vem logo atrás ainda brigando pelo acesso.

    Anúncios